Transição de imagem do Twice segue maravilhosa na agridoce “Feel Special”

A essa altura do campeonato, vocês já devem ter lido coisas parecidas em outros blogs ou visto em canais de YouTube, mas ignoremos que ando sem tempo para isso aqui e vamos imaginar que estou postando no dia do lançamento e minha opinião é super original.

Então, né. Twice. Elas debutaram como um potencial grupo girl crush, então fizeram uma transição brusca ao aegyo, que rendeu bastante sucesso ao grupo na Coreia do Sul e no Japão (e outros países asiáticos, mesmo sem apostarem em diferentes idiomas). Muito tempo se passou, as 9 se tornaram o novo rosto do K-Pop feminino, ditaram moda (quantos outros grupos enormes fofinhos surgiram depois?), encheram os cofres da JYP de dinheiros. Somi saiu da gravadora, ITZY debutou, elas deixaram de ser as maknaes da empresa. O que fazer sobre isso?

A tática adotada foi começar uma transição de imagem e sonoridade na espetacular “Fancy” (ouço umas 15 vezes todos os dias), que ainda carrega muito do pop teen adocicado característico do grupo, mas adiciona umas afinações mais graves, elegantes, melhoradas ainda pelo MV luxuoso, sem a estética infantil de seus demais vídeos.

Feel Special é ainda outro passo nessa escalada conceitual do “jovem infantil” para o “jovem adulto”. É bastante interessante observar que os produtores por trás delas optaram por uma transição mais lenta, que dá a impressão de ser orgânica, em vez de algo mais brusco. É como se, a cada novo comeback (contando as promoções no Japão nisso), elas alimentassem mais uma maturidade, ser ir demais na sensualidade, ao menos por enquanto. Não vejo a hora de, de fato, essa transição acontecer de vez, sendo acompanhada por um single que ilustre isso corretamente. O J. Y. Park é especialista nisso, caso vocês não se lembrem…

“Coming of Age Ceremony”, composição dele, se tornou uma marca do “a menina virando mulher” no início da década passada…

“24 Hours” e “Yes No Maybe”, também dele, são ainda outros exemplos disso. Imaginem algo assim vindo do Twice? Não vejo a hora.

De qualquer forma, por enquanto, estou satisfeito com “Feel Special”. O instrumental é maravilhoso, sendo um house que soa, ao mesmo tempo, feliz e triste aos ouvidos, regado por uma letra também nessa linha, extremamente agridoce e bem interpretada pelas garotas, recheada de melodias cativantes, grudentas, cujas batidas uptempos nos fazem refletir sobre a vida enquanto descemos até o chão. Pra mim, nenhum defeito.

De lambuja, o mini também está recheado de trecos de alto nível, com a maioria das letras compostas pelas próprias integrantes. “Get Loud” e “Love Foolish” poderiam facilmente ser trabalhadas como title.

Que bom que o título de grupo da nação, agora, faz sentido ao Twice. Melhor para todos nós.

7 comentários em “Transição de imagem do Twice segue maravilhosa na agridoce “Feel Special”

  1. Adorei esse mv. principalmente a distribuição de linhas que está mais justa ( e amém que a parte da Mina não foi pra Nayeon ou pra Jihyo, pois elas sempre recebem várias linhas nas titles, amém que foi para a Chayeoung rs)

    Curtido por 1 pessoa

  2. Só uma coisa me deixou triste nesse comeback, estão cagando pra jeogyeon, a bixinha tava linda de cabelo medio, sorrindo mais, com a cara mais feliz, em fancy nos vemos isso, pra eles cortarem o cabelo dela de novo. a cara de infeliz dela nem consegue disfarçar. Nisso ainda prefiro Fancy. Mas ainda gostei de feel so special.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Quem diria que o grupo que até o ano passado só soltava música ruim agora estaria acertando em cheio nos singles?

    Parabéns pra elas! Blackpink e Red Velvet, fiquem espertas.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s