Time Machine: o dia em que o Leitura Dinâmica encerrou com a HyunA rebolando em “Bubble Pop!” (2011)

Se lembram disso? Provavelmente não, visto eu ser um dos poucos seres humanos que deviam assistir esse jornal nas madrugadas da Rede TV! nove anos atrás. Então vejam esse clássico da hallyu tupiniquim e entendam um pouco do porquê de eu ter desenvolvido um tipo de paixão desmedida pela HyunA e até hoje ter esperanças de construir um relacionamento duradouro com ela por obra do destino…

Destaque para algumas maluquices aí, tipo LMFAO fazendo sucesso num feat. com a Natalia-Kills-que-nunca-estourou, 400 mil views diários sendo algo realmente notável e Rock ainda ser noticiável na TV.

Mas puta merda, eu to me sentindo muito velho. Quando isso aí foi ao ar, eu ainda estava no colégio. Hoje, eu já me formei em uma faculdade e comecei outra. Estou até chocado com esse vídeo em específico estar no YouTube, pois lembro de ter assistido essa edição, ficando totalmente encantado com a HyunA piranhando toda aegyo enquanto os créditos subiam.

A maioria de vocês que acessa aqui o blog tá num corte de idade bem menor que o meu, então vale explicar que, em 2011, o K-Pop ainda não era algo tão comum assim na internet, tão massificado por aqui. Então, é até engraçado pensar que os produtores do Leitura Dinâmica, nesse aspecto, foram meio vanguardistas em colocar lançamentos coreanos em pauta.

Hoje em dia é normal, passa clipe de idol na Multishow, a Play TV já teve vários blocos exclusivos pra isso, até o Globo Repórter faz documentário. Mas na época era só a MTV com uns tops mensais cobrindo o oriente ou o mundo todo e a Rede TV! – e eu assistia o Leitura Dinâmica toda santa madrugada antes de ir dormir, posso dizer que a maioria dos releases à época passaram por lá, com Wonder Girls, SNSD, 2NE1 etc.

Falei, falei, mas acabei não falando da música. Enfim, vamos relembrar Bubble Pop!

Eu totalmente adoro isso aqui. Quando eu usava um Sony Ericsson preto e laranja, com espaço para 57 músicas, “Bubble Pop!” estava lá. Quando rolou um upgrade para um aparelho only mp3 com 4GB de espaço, também. Quando finalmente debutei na era dos smartphones, óbvio que a delícia foi junto. Na verdade, essa bosta só não está no meu celular atual porque acabei excluindo várias dessas músicas mais antigas dele no meio do ano passado por motivos que já não me recordo mais.

“Bubble Pop!” é, sonoramente, exatamente o que o título indica: um bubblegum pop feito minunciosamente para grudar e obrigar o ouvinte a repetir incansavelmente em sua cabeça cada momento tocado na música. Toda ela é tão idiota, boba e despretensiosa que, de alguma forma, acaba funcionando muito bem. Parece ter sido pensada como uma música de programa/desenho animado infantil…

…mas com o plus de ser a HyunA bem debochada falando na letra que não tem que dar satisfação nenhuma pro cara, pois bolhas de sabão estouram e a vida é assim.

“Bubble Pop!” nem chega a ser a melhor música dela, ou mesmo o melhor mini, mas certamente é um dos troços mais significativos de sua carreira solo e um dos primeiros trecos que surgem à mente quando pensam nela – e na era de ouro do K-Pop, né.

Imagem relacionada

6 comentários em “Time Machine: o dia em que o Leitura Dinâmica encerrou com a HyunA rebolando em “Bubble Pop!” (2011)

  1. Essas aparições do k-pop em programas inusitados são sempre muito divertidas… ainda morro de rir sempre que vejo o vídeo de Heart Attack passando num programa de emissora pequena com o apresentador dizendo que a música é da cantora DONA XÚ. Afinal, se existe uma Lady Gaga, por que não pode ter uma Dona Xú, né?

    Curtir

Deixe uma resposta para . Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s