O cachorro louco foi domesticado: Yezi agora é cantora hipster inspiracional em “Home”

Tá, isso aqui me pegou de surpresa.

Gosto muito da Yezi como personagem de escalão C do panteão do K-Pop. À época dos releases do Fiestar, era sempre divertido acompanhar as expressões agressivas dela mesmo em canções que não exigiam nada disso. Quando ela participou da segunda temporada do Unpretty Rapstar, foi um dos melhores entretenimentos do programa (a comida de rabo na mina da YG foi épica, confiram). E os lançamentos solo após isso, em sua maioria, foram bem aproveitáveis.

Então, me causa uma confusão estranha na cabeça ver o cachorro louco de outrora tão… comportado na “Home” acima. É uma confusão parecida com a que rolou com o debut solo da Yubin emulando Mariya Takeuchi anos atrás: não condiz com o personagem criado e alimentado até então, como se eu estivesse ouvindo uma nova cantora. Mas não se enganem, a música é ótima e funciona muito bem dentro dessa fatia de baladinhas indie inspiracionais que vão ganhando tempo até se tornarem gracinhas dance, tipo Hello, da Shannon Williams e Love Me, da Katy Perry, para citar um exemplo ocidental.

É claro que ainda prefiro trecos como Abuse Me, Cider e Anck Su Namum, Yezi bad girl querendo comer todo mundo na porrada ainda é imbatível, mas não me ofendo com essa nova persona, ainda mais com coisas legais como “Home” e a baladinha emotiva “My Gravity” abaixo. Melhor uma nova Yezi gospel com releases bacanas numa gravadora menor e com investimento para acontecer do que uma Yezi estripadora numa gigante como a Loen, mas sem qualquer interesse dos produtores (ou do público, né) para ir em frente. O saldo é positivo, no fim das contas.

Sobre toda a intriga envolvendo as declarações da ex-integrante do Fiestar, dizendo que sofria bullying da Yezi por ser fluente em inglês ou algo assim, a minha imperdível opinião sobre isso é: caguei. Meu interesse real por fofocas de bastidores de grupos pequenos é bem menor do que parece. E com isso vindo a tona só agora, sendo que o Fiestar já tá morto há quase meia década, é ainda menos interessante.

Sem falar que, né, com todo o caso do T-ara, me espanta a galera ainda fazer tanto escândalo com coisas assim, tendo como fonte o ponto de vista de só uma envolvida no caso. O nome da Yezi foi parar nos TTs, com um monte de xingamentos pesados vindo de adolescentes aqui do Brasil que sequer já dever ter ouvido algo dela. Pode ser verdade, pode não ser. Não tenho vontade de saber. Bleh.

6 comentários em “O cachorro louco foi domesticado: Yezi agora é cantora hipster inspiracional em “Home”

  1. Compatilho seu sentimento, não esperava isso da yezi, mas amei a musica, do mesmo jeito que curtir a troca de persona da yubin, sobre esses boatos da internet, caguei tb, a parte boa é ver o povo se matando pra participar disso. Vamos ver se a coreia aprendeu com o cao do T-ara

    Curtir

  2. Mudança bem radical de sonoridade. Vamos ver se o público dela vai gostar.

    A propósito, viu o LOONA no Fact in Star? Se o grupo der disband, a Pirralha do Sapo já pode trabalhar como cão farejador, porque o olfato dela é absurdamente apurado… e a cara de ódio da Yves quando a HyunJin vence uma brincadeira e ganha pizza e frango frito como prêmio não tem preço!

    Curtir

    1. Falando ainda em LOONA, hoje fui pego de surpresa com a notícia de que elas conseguiram seu primeiro troféu em music show. E foi no M Countdown.

      Felicidade à parte, me chamou a atenção que a concorrência delas era bem fraca, não conhecia quase nenhum grupo que apareceu lá. E até onde eu sabia, o M Countdown era um dos music shows relativamente conceituados. Ao mesmo tempo, o The Show, que tinha a fama de ser o music show mais fundo de quintal, agora está tendo divulgação do IZ*ONE e até do BTS (se não confundi o The Show com outro music show)… Quando foi que as coisas mudaram??

      Curtir

  3. A mudança é tão radical, que essa musica entrou nos recomendados do Youtube enquanto eu trabalhava, e eu ouvi, gostei muito, mas como não tinha lido o titulo, não fazia ideia que era dela.

    Horas depois me lembrei da musica, e fui ver o histórico do Youtube pra saber mais e me deparei com o nome da Yezi e pensei… caramba, não pode ser! tem outra Yezi lá na coreia…kkk

    Mas logo vi o video e identifiquei o rosto dela e fiquei de cara. Eu nem sabia que ela tinha esse vocal todo aí!

    Gosto da Yezi bad, mas na boa, ela nunca faria sucesso grande com aquilo. Já com essa nova persona, acho que ela pode crescer MUITO. basta a produtora confiar.

    Curtir

Deixe uma resposta para meiriellestefanie Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s