Time Machine: Koda Kumi – EX TAPE (2015)

A Koda Kumi lançou essa semana, em seu canal do YouTube, o clipe de EX TAPE. Seu upload é parte da comemoração de 20 anos de carreira dela, que vem subindo todos os seus videoclipes em alta qualidade por lá há alguns meses. O vídeo era uma “raridade” dentro da plataforma, pois nunca havia sido disponibilizado completo em qualquer conta oficial dela ou da avex, restando aos fãs apreciar tal obra de arte por lá apenas em qualidades duvidosas de outros usuários, subidos ilegalmente, muitas vezes também cortados como PV ou rapidamente sendo derrubados pela gravadora.

Confiram e venham dar boas risadas com o tio Lunei:

Pra quem não se lembra, ou era novo demais cinco anos atrás para acompanhar o J-Pop mais a fundo (eu fico chocado que têm uns leitores aqui com 16, 17 anos, que literalmente eram crianças em 2015), “EX TAPE” foi um single usado pela Kumiko como “title” para uma coletânea best of especial de verão, deliciosamente nomeada “SUMMER of LOVE”, reunindo uma porção de jams dançantes de sua carreira, ~ideais para curtir a estação mais quente do Japão~.

available on spotify -q

Coletâneas greatest hits a essa altura do campeonato já não eram novidade não. Tipo, sério, não eram. “SUMMER of LOVE” já era o DÉCIMO SEGUNDO álbum dela nesse estilo, além de ser o QUARTO com essa temática, com os outros três tendo sido lançados apenas dois anos antes. Ícone que quer que seu público seja feliz dançando suas músicas ao sol. Meses depois, ela repetiu a ideia, soltando o “WINTER of LOVE”, composto de baladinhas para ouvir no conforto do lar enquanto toma um chá ao lado do mozão (ou sozinho e triste, depois de assistir um episódio de dorama, ícone acessível a todos os públicos).

Tanto o “SUMMER of LOVE” quanto o “WINTER of LOVE” tinham formatos parecidos, com capas e materiais promocionais que meio que se completavam, como se fossem yin yang, duas metades de uma mesma Koda Kumi. É um bom concept e interessante para reaproveitamentos, dando aos releases uma cara de terem sido mais bem trabalhados do que deveriam ter sido num geral. Aí, tempos depois, ela reciclou isso TRÊS VEZES, nos pares de álbuns “W Face”, “AND/DNA”, e na promoção visual dos singles todos do ano passado, que resultaram naquele LP terrível, o “re(CORD)”. Ícone que se preocupa com o meio ambiente, por isso reutiliza materiais já desgastados.

Sobre “EX TAPE” num geral, gosto bastante dessa música e desse videoclipe, mas acho que não pelos motivos corretos. :V

A faixa é uma bagunça parecida com outros farofinhas bagunçadas e descontraídas que um monte de gente lançava na época. É como se pegassem ícones sonoros de hip hop, dubstep, pop e uma tentativa maluca de “futurismo”, jogassem no liquidificador e isso resultasse em algo… bocó, mas esquisitamente divertido de ouvir. Por exemplo, nessa mesma época aí, a Anda fez mais ou menos o mesmo com “Touch”:

Tanto “Touch” quanto “EX TAPE” sempre me soaram como chacotas musicais não leváveis a sério, com bobageiras demais dentro de um curto espaço de tempo, mas que envelheceram bem, pois eu mesmo sou um acumulado de bobagens contidas num curto espaço de tempo, então faz sentido eu curtir isso quando escuto. Quer dizer, a música da Anda, literalmente, tem um gemidão a cada estrofe. A da Kumi tem um drop super retardado, que parece o som de uma impressora com papel entalado, aparecendo toda hora na backtrack. O próprio título é uma piada com sex tapes. Não tem como não se deixar levar.

E tudo fica ainda melhor com o clipe terrível, com ela de cabelo branco e pele laranja, acompanhada de dançarinas que não conseguem entrar em sincronia, com uma porção de takes estúpidos em vários pontos de uma mansão (WTF elas fazendo a coreografia atrás da mesa da cozinha, huahuahuahua). Ele faz a volta de tão maluco e, com o tempo, se torna cult (tipo a discografia do 2NE1).

Enfim, “EX TAPE” não chega a ser algo que salve vidas, tampouco é um grande destaque dentro do catálogo da Koda Kumi, mas é daquelas músicas que, quando paramos de ser chatos e optamos pela diversão em vez da cobrança, funciona legal pelo entretenimento (ainda que involuntário).

Acho que o único videoclipe entre meus lançamentos favoritos dela ainda faltando ser subido no YouTube nesse 20th Year Special Full Ver. é o de “Ko-So-Ko-So”, lançado em 2011. Sendo um dos mais ~polêmicos~ da Koda, ele traz ela na cama dando uns pegas em outra mulher. Quando ele sair, farei um ranking com as minhas 20 favoritas dela para comemorar seus 20 anos de carreira sem medo de os links sumirem. Se ele ainda demorar muito, ou não ver a luz do dia at all, divulgo essa lista mais pra frente e altero o vídeo embedado (ou torço para não derrubarem o que eu colocar do Vimeo ou de outro local). Flw vlw.

Sigam o Miojo Pop em sua nova conta de Twitter: @MiojoPop

6 comentários em “Time Machine: Koda Kumi – EX TAPE (2015)

  1. Kumiko sendo tosca e apelativa é sempre ótima! Uma pena que depois da maternidade ela esteja usando pouco o lado apelativo (felizmente o lado tosco dela continua firme e forte).

    Aliás, é engraçado você constatar que gosta dessa música pela bagunça que ela é, porque eu me identifico bastante com isso. Vários dos motivos pra eu adorar as j-véias provavelmente não deveriam ser motivos pra isso, como o “engrish” da Namie ou a cafonice extrema da Ayu…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Inclusive, repetindo aqui o que já coloquei no Twitter, sempre que falamos de Kumiko vale a pena relembrar a apresentação icônica dela na premiação da MTV Japão, que começa com baladinha e termina com ela vulgarizando geral (destaque pros passos de dança simulando coito e pro final simulando sexo oral no dançarino):

    Curtido por 2 pessoas

  3. “Ele faz a volta de tão maluco e, com o tempo, se torna cult (tipo a discografia do 2NE1).”

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

    Risos à parte, Kodão sempre tá arrasando. E além de Ko-So-Ko-So, ainda falta fazerem o upload em HD de Taboozão e a farofa kuduro Dreaming Now

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s