“Wanna Be Myself”, do Mamamoo, e outros CFs icônicos do K-Pop

Mamamoo - Wanna Be Myself

Mamamoo saiu da toca recentemente com Wanna Be Myself. Esse é o primeiro retorno do grupo completo em um MV após atingirem um novo patamar de popularidade ano passado com o Queendom e a title “Hip!” (que eu meio que tinha dado uma cagadinha à época do lançamento, mas acabou se convertendo em um dos meus singles prediletos do grupo em todos os tempos) e de uma porção de releases solo com níveis variados de sucesso.

A música é uma graça, sendo o número disco que o Mamamoo não chegou a lançar em início de carreira (acho que foi uma das poucas referências retrôs que elas não exploraram anos atrás), mas que também fica em casa com a retomada moderna que o gênero vem sofrendo em 2020.

Ela está sendo usada como CF para uma grife de roupas que eu nunca ouvi falar, o que me remete a uma época ilustre no K-Pop onde empresas e produtores realmente se esforçavam em comerciais do tipo, capitalizando em cima de marcas com demos que, honestamente, poderiam ser utilizadas como comebacks normais desses acts.

Dito isso, separei abaixo uma listinha com 7 dos meus CFs favoritos, pois relembrar é viver e rebolar a bunda num comercial tailandês de moto é sempre uma boa pedida para um sábado a tarde.

2NE1 – Don’t Stop the Music (Yamaha)

A popularidade do 2NE1 na Ásia era tão grande que a YG conseguiu fechar uma propaganda para uma moto feia da Yamaha, cantado em inglês e em coreano, mas focado no público tailandês. O K-Pop na década passada era assim. E a música é uma farofa datada do Teddy ótima.

BIGBANG x 2NE1 – Lollipop (LG)

Falando em 2NE1, antes mesmo do grupo debutar elas já conseguiram fatura uns trocados mandando um aegyo com o BIGBANG em um de seus números mais hilários (e cativantes): uma propaganda para a linha de celulares “Lollipop”, da LG. Foi um sucesso.

Girls’ Generation e F(x) – Chocolate Love (LG)

Nessa mesma época, a concorrência também trabalhava com a LG. “Chocolate Love” serviu como CF para a linha de celulares “LG Cyon Chocolate” (hahaha), com uma mesma demo gravada pelo Girls’ Generation e pelo F(x). A diferença é que o primeiro grupo lhe deu uma interpretação mais retrô e fofinha, enquanto Amber e as outras se jogaram no sexy concept através de um instrumental mesclando eletrônico com rock. Não sei qual ficou melhor.

Girls’ Generation – Visual Dreams (Intel)

Ainda outra das soshi feat. Jessica, dessa vez para a Intel. “Visual Dreams” é uma coisa catita, onde elas emulam robôs satânicos num electropop que o Nakata adoraria ter trabalhado em cima para o Perfume. Adoro o final do clipe, com elas fazendo um coral pro tema principal da marca.

Orange Caramel – Abring Abing (Baskin-Robbins)

Acho que essa é a minha favorita da lista. O Orange Caramel, antes do boicote da própria fanbase do After School, estava tão em alta em 2014 que, entre os vários releases do trio da Coreia, sobrou espaço até para um comercial pra Baskin-Robbins (é uma rede de lojas que serve sorvetes, bolos e outras sobremesas), com elas entregando todo o campy visual característico em figurinos sorvetudos maravilhosos. A música é o pancadão EDM europeu que elas faziam muito bem enquanto vivas. Saudades.

Girl’s Day – Hello Bubble (Mise en scène)

Hahahaha, as pessoas pegaram tanto no pé do Girl’s Day nessa aqui. O grupo tinha estourado com “Expectation” e “Something” e todos esperavam seu comeback de 2015. Até que elas finalmente retornaram, mas com um R&B fofinho como tema de um comercial para uma linha qualquer de cuidados capilares. Achei meio hilário que os cabelos delas estão horríveis no MV, mas a faixa envelheceu bem com o distanciamento desse tipo de som hoje em dia.

Hyolyn x Kisum – Fruity (Lipton)

Hyolyn usando sua imagem de grande gostosa do verão para vender chá gelado. Das presentes nessa lista, acho que é a que traz a letra mais esperta, envolvendo o ouvinte numa narrativa de que a vida dele, muito chata e estressante, melhorará (com uns goles da bebida, é claro).

Bônus japonês: Wednesday Campanella – Melos

Tem esse trio japonês chamado Wednesday Campanella que fez bastante barulho na cena eletrônica independente lá da terra do Goku, conquistando também certa atenção internacional. Um dos fatos mais curiosos sobre eles é que, ao longo dos anos, eles soltaram uma porrada de CFs para marcas distintas. Teve de tudo: espumante, carros, maquiagem. A parceria mais maluca é essa em “Melos”, feita para a promoção de um sistema de apostas em corridas de cavalos.

Sigam o Miojo Pop em sua nova conta de Twitter: @MiojoPop. E sigam também este que vos escreve: @igorlunei

10 comentários em ““Wanna Be Myself”, do Mamamoo, e outros CFs icônicos do K-Pop

  1. Vi f(x) ali em cima e a saudade bateu. Sou viúva demais, tenho que admitir, e Chocolate Love (ambas as versões) não sai da minha playlist desde que ouvi pela primeira vez nos tempos de ouro do kpop.

    Lollipop tem que ser uma das músicas mais cringes já gravadas, eu não sei como eu consigo GOSTAR desse trem kkkkkkkkkkkkkkk. Pena que a YG deixou de fazer essas tosquices há tempos e agora se leva a sério demais, porque, sinceramente, icônico.

    Curtido por 2 pessoas

  2. Visual dreams maravilhosa, fica ainda melhor com as meninas errando a coreografia o tempo todo no vídeo.

    Adoro o rap cringe toscovilhoso da amber em chocolate love, coisas que só a nostalgia pode proporcionar. Também destacaria a versão de lollipop do f(x) com o shinee, que saiu após a primeira versão do cf, ficando meio apagadinha por não ter mv:

    Curtido por 4 pessoas

  3. Aaaaa, eu nem sabia que o clipe Melos era cf, só tinha o de Gala na minha cabeça.

    E quando eu li o título já pensei em Hello Bubble, por algum motivo é um dos mas marcantes pra mim.

    Curtir

  4. Eu só conheço a Cabe Song pra algum tipo de parque aquático, sei lá, que apesar de não ser essas coisas, trás algumas SNSD e alguns 2pm sendo bem gostosos em um tipo de Baywatch, S.O.S Malibu, whatever…
    E de acordo com a fanbase, teve um surto coletivo envolta do shipp Yoona e Taecyon.
    Gostaria que voltasse a ter interações entre assim entre idols masculinos e femininos.

    Curtir

    1. “Gostaria que voltasse a ter interações entre assim entre idols masculinos e femininos.”

      Se isso acontecesse hoje capaz de a Coreia do Sul queimar por conta dos fãs doentes kkkkkkkk. Tem inúmeros canais do youtube dedicados a analisar POSSÍVEIS micro-interações do tipo “idol X olhou vagamente na direção de idol Y” e acham que isso é prova de que estão namorando, e só isso já é suficiente para causar fanwars, imagina interações reais kkkkkk.

      Curtir

      1. Kkkkk Eu já vi esse tipo de vídeo, é um saco não ter essas interações por causa desse tipo de coisa. Eu particularmente acho muito ridículo vc sentir ciúmes de alguém famoso e não querer ver essa pessoa com um outro alguém

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s