Time Machine: quando o Loona fez nossa ceia de Natal por dois anos seguidos em “The Carol” e “Heart Attack” (2016 e 2017)

22 de dezembro, pouquíssimos dias para o Natal. Já pendurei os pisca-piscas, uma guirlanda horrorosa na porta da frente, comprei o panetone, as uvas passas e encomendei um pavê pra tia aqui do bairro que tem paciência para fazer esses doces mais trabalhosos. Ooh, como adoro esse climinha de final do ano, com a neve lá fora e… Ah, pera, não, estamos no Brasil, não tem neve não.

Pesares de lado, uma das coisas que mais curto nesse feriado, além do passe livre para ganhar presentes ou me presentear com trecos caros que não teria coragem de comprar em outras épocas, são as músicas natalinas. Mariah, Simone, eu genuinamente adoro esse tipo de número. E dentro do K-Pop, recentemente, um act nos proporcionou não só uma, mas DUAS faixas natalinas realmente ótimas, que funcionam por motivos bem diferentes entre si. Yup, estou falando do Loona. Yup, finalmente esse blogueiro, vestindo apenas uma touquinha de Papai Noel, dará os louros merecidos à The Carol

Antes, um pouco de contexto, porque o Loona dessa época realmente valia o esforço.

Em 2016, a BlockBerry Entertainment, uma misteriosa subsidiária da Polaris Entertainment, com bastante dinheiro para gastar, resolveu anunciar que lançaria um novo girlgroup na praça. Ele seria composto por 12 integrantes e, como uma campanha de pré-debut, cada uma das trainees ganharia um solo para chamar de seu, em singles acompanhados de MVs e b-sides. Isso começou em setembro, com a HeeJin, seguida pela HyunJin em novembro e, como vocês já lembram, veio a Haseul (que deus a tenha) em dezembro.

Hoje a nossa passarinha canta lá no céu…

Como havia dito, cada um dos singles recebia também um lado “B”, que era acumulativo em integrantes. Então, terceiro reveal de garota do mês, três meninas cantando na b-side. E como era dezembro, a BBC deve ter pensado “e se tentássemos emular Mariah Carey e arrancar uns trocados desse povo com o Natal?” O resultado foi “The Carol”, lá em cima.

O grande lance com “The Carol” é que ela é tão “dentro da casinha” em relação a números natalinos, sendo tão óbvia, tão derivativa e esperável nesse tipo de ocasião, que ela acaba agradando justamente por isso. O trio entrega justamente o que deve ser entregue: uma canção vibrante, positivinha, ligeiramente infantil, ingênua e contagiante, com o tipo de instrumental-tudo-o-que-eu-quero-de-natal-é-você clássico, uns ícones da data no backtrack e é isso. O resultado é encantador, fofo, sentimental e fica remete imediatamente ao feriado como toda cantiga assim deve remeter.

E a contribuição do Loona para o natal poderia terminar aí que seria o suficiente, mas a BBC estava com fogo nos olhos nesse começo e, no ano seguinte, seguindo aquilo do “loonaverso” trabalhado pelo Jaden, eles deram um jeito de amarrar a narrativa com ainda outra música e clipe. Dessa vez, no entanto, um tiquinho mais transgressor:

Outra contextualização. Dezembro de 2017, o projeto de pré-debut do Loona já estava em sua terceira fase, já tendo rendido dois punhados de integrantes, divididas entre as units Loona 1/3, Odd Eye Circle e a carreira solo da Pirralha do Sapo, uma narrativa de amor próprio e descoberta feminina vinha sendo montada a cada videoclipe e música e a atenção internacional era maior que nunca e cada novo reveal era um carnaval na internet capopeira.

A última leva de integrantes havia começado com a Yves, que desdobrou a história projetada pelo loonaverso pro outro patamar, bem mais sombrio. Todos aguardavam a décima integrante e, na última semana do ano, Chuu enfim veio ao mundo com excelente Heart Attack.

A música fala sobre um amor à primeira vista tão forte que tira a pessoa de seu eixo. No vídeo, temos Chuu sendo uma enorme stalker, espiando e tentando ser notada pela Yves-senpai em diferente oportunidades (inclusive na noite de natal, replicando as cenas dos presentes explodindo do MV de “The Carol”). Essa é uma iteração bem anime da parte do grupo que bem que eu adoraria ver mais explorada no futuro, tão despretensiosa e divertida que é em tela.

O bom do Loona na gerência Jaden é que as coisas tinha camadas, geravam discussões. Por exemplo, assistindo numa visão mais por cima, a história toda pode ser lida como uma relação yuri, com uma menina apaixonada pela outra, que percebe isso e se diverte com o fato, dando mais corda pra ela e, ao fim, deixando que elas se curtam (a Yves comendo o morango, wow). Pode ser vista também como uma amizade, uma interação notice me senpai mais óbvia, onde A admira B e quer andar com ela. Ou como uma alegoria ao amor próprio, com a Yves representando o lado mais “desenvolvido”, aquilo que a Chuu quer ser, o que ela quer despertar nela própria. Há múltiplas interpretações e isso era tão bom. Porra, BBC, você nos deu tudo nessa época e resolveu tirar logo quando elas debutaram todas juntas.

Ahein, não sei vocês, mas uma das coisas que mais gosto no videoclipe de “Heart Attack” é o plot twist super pessimista do final, com a Chuu, na verdade, sonhando a cena toda da festa enquanto está desmaiada na neve. Então, ela é acordada pela Haseul, diretamente do natal passado, usando o mesmo figurino de “The Carol”, com a música tocando abafada ao fundo, fechando um ciclo narrativo bem sinistro ali (que seria ainda mais sombrio nos releases seguintes do yyxy). Saudades, Loona! ❤

Enfim, feliz natal adiantado para vocês! Comam muita rabanada, não exagerem na bebida, assistam “Gremlins”, “Duro de Matar”, “Esqueceram de Mim” e o clássico “Um Herói de Brinquedo”, aproveitem a ocasião para falar com amigos que vocês andavam afastados e, mais importante, me mandem presentes bem caros. Minha caixa postal é

15 comentários em “Time Machine: quando o Loona fez nossa ceia de Natal por dois anos seguidos em “The Carol” e “Heart Attack” (2016 e 2017)

  1. O Jaden Jeong realmente faz falta criativamente falando… mas assim, já li que ele era bem abusivo com as LOONAs e com a equipe da BBC, então minha admiração pelo trabalho dele ficou bastante maculada. E o interessante é que não só o LOONA desandou sem o Jeong, mas o Jeong também desandou sem o LOONA; o projeto de boygroup seguindo a mesma construção narrativa acabou ficando muito abaixo do esperado (e nem falo em questão de sucesso, mas de qualidade mesmo).

    Enfim, o Natal já passou e eu estive sem internet nesses dias, então em vez de desejar Feliz Natal para todos, deixo aqui bem atrasado um vídeo das rainhas natalinas do k-pop homenageando a rainha natalina dos EUA:

    (caramba, a HyunJin quase empata com a HaSeul no número de linhas nesse cover, se é que me entendem…)

    Curtido por 2 pessoas

    1. Ah, acabei não comentando acima, mas sobre os abusos do Jeong, muita gente acredita inclusive que as pressões dele sobre o grupo podem ter sido um catalisador para o transtorno de ansiedade da HaSeul, que deixou nossa passarinha fora do grupo no último ano…

      E o pior é que ansiedade é algo que demora MUITO para tratar e pode nunca ir embora; as nugus do PinkFantasy já perderam duas integrantes exatamente por esse transtorno, com uma tendo ficado vários meses afastada, voltado por um ou dois meses e acabando saindo definitivamente do grupo. Espero que não seja o caso da HaSeul, mas não ficaria surpreso se ela sair definitivamente do LOONA (ficaria muito triste, mas não surpreso).

      Curtido por 1 pessoa

  2. Nem sou fã de música de natal mas amo the Carol e ouvi horrores nesses dias, que saudades do projeto loona bem feito e que seguia a porra da história q elas mesmas criaram e esqueceram em só what e why not e só usaram como a estética e ficou igual a qualquer gg que debutou esse ano

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s