PLAYLIST (Maio’21) 🍜

E se foi maio. Cansativo no meu lado discente, já que foi o último mês do terceiro período da minha faculdade e uma porção de professores resolveram despirocar, tacando provas surpresas, avaliações malucas e desbancar em surtos de raiva em sala de aula. Mas bem bom nos outros: mamãe tomou vacina, as lojinhas online aproveitaram o ~mês do orgulho nerd~ pra colocar tudo em promoção, então descolei barato uns gibis e livros de luxo que eram caros da minha lista de desejos, além duns joguinhos para o meu novo ultra super uber pc gamer com luzinha colorida irritante. Írra!

E no pop asiático as coisas foram surpreendentes. Com o fim desse período de virada entre primavera e verão, vários acts grandes fizeram comeback e debutaram com armas fortes tentando arrancar a atenção do público na Coreia do Sul. Joy e TXT não conseguiram a minha ainda, nem ouvi os álbuns, então ficam para junho só. Já no Japão, bom, só sei o que os coleguinhas postaram em seus blogs, pois não tive tempo de procurar mais. Mas teve FEMM com sua melhor música em anos, então comemoremos e comecemos logo essa playlist elaaaaasssss…

01. FEMM – PRIVATE DANCER: As bonecas do FEMM deixaram Tina Turner orgulhosa com esse novo pancadão glorioso de mais de quatro minutos, feito especialmente para que tonos nos sintamos deliciosas piranhas num puteiro arrancando uma grana de ricaços desesperados. Eu não poderia pedir nada melhor. Pra mim, com exceção de algumas animesongs aí, já é o melhor J-Pop desse ano.

02. WOO!AH! – PANDORA: Esse novo girlgroup meio que me tinha passado despercebido com um debut bastante irritante de ouvir. Mas as arestas foram aparadas para esse primeiro comeback, vindo não só com uma title divertida (mais pra frente nessa mesma lista), como uma album track ainda melhor. “Pandora” é bem K-Pop do início da década passada em sua maioria, servindo dance eletrônico para rebolar gostoso sem se preocupar com mais nada. Por mim…

03. TRI.BE – DOOM DOOM TA: Outro grupo que não dei duas fodas quando saiu. A diferença é que o tempo passou e acabei me apaixonando por essa bobagem aqui. 4MINUTE e 2NE1 viveriam por essa demo na era de ouro. A virada pro funk carioca depois do primeiro refrão é a pura benção dos céus. Aleluiaaaaaaa!

04. TRI.BE – RUB-A-DUM: E com esse primeiro comeback aqui eu fui totalmente tri.balizado! Uma merda? Uma merda! Mas que merda icônica.

05. WJSN THE BLACK – KISS YOUR LIPS: Nesse mesmo clima, a b-side do single da unit de gostosas do Cosmic Girls também me serve farofão de verão realness. Não é nada que salve vidas, mas diverte o suficiente para ouvir entre um jam e outro.

06. GWSN – I CAN’T BREATHE: Essa também é uma delícia. Foi um bom mês para album tracks coreanas mesmo. Eu adoro o refrão com a Maria Regina Bergantes de Cerqueira e Figueira sussurrando que não consegue respirar quando falam com ela. E adoro também a bridge, com ela metendo um rapzão como se estivesse possuída pelo capeta. Rainha que ganhou várias linhas relevantes nesse comeback! ❤

07. 3YE – STALKER: Essa aqui eu fiquei devendo na playlist passada. O 3YE nunca decepciona. Desses novos grupos que apostaram no mina-fodona-concept desde o início, elas são um dos com o repertório mais consistente. O mais legal de “Stalker” é a virada house noventista sissy that walk que rola no meio dos versos. Quem dera se os outros quatrocentos e setenta e nove grupos que vieram com a mesma proposta nos últimos meses (olá, aespa e ITZY) tivessem esse bom gosto para produções.

08. KEN HIRAI – 1995: Não tinha a mais remota ideia de quem era esse Ken Hirai, mas estou VIVENDO por essa palhaçada misturando para-para com trecos indianos. Pontos extras para o videoclipe fumadíssimo com o velhote vandalizando um mercadinho com a cabeça dele. Japão… ❤

09. YUQI – GIANT: Eu não sabia que eu precisava de um debut solo da Yuqi até ter um debut solo da Yuqi. Interessante que “Giant” tá bem em linha com esses novos grupos de “rock” que fazem sucesso nos EUA misturando vários outros elementos no instrumental (exemplo aqui). O bom é que a Yuqi canta pra caralho e dá a emoção certa que esse tipo de release necessita, deixando tudo com uma cara mais de encerramento de anime em comparação. Então, todos estamos no lucro.

10. ENHYPEN – FEVER: Mais uma música legal desse grupo aí que é irmão do BTS e do TXT ao mesmo tempo que não quer, mesmo usando a mesma estética visual e sonora dos dois. Um dia eles crescem e aprendem a vender melhor esse sexy concept.

11. WJSN THE BLACK – EASY: Falando em sexy concept… ooooaaahh yeeeaah! A Starship já estava devendo uma unit cachorra das garotas cósmicas há ANOS. Imaginei que elas fossem pruma sonoridade e prum visual mais semelhante ao Sistar quando viessem, mas isso aqui consegue ser ainda melhor. Não há muito o que eu ainda possa descrever sobre “Easy” que já não tenha dito e repetido antes, então tasquem nov amente o play no MV acima e sejam levados ao cosmos com esse refrão de escorrer a medula óssea.

12. GWSN – E I E I O: Ainda outra album track muito legal do outro lado da lua das garotas do parque. Me lembrou a também ótima Mother, do Charlie Puth que vocês odeiam.

13. WONHO, KIIARA – AIN’T ABOUT YOU:

14. GWSN – LIKE IT HOT: Inicialmente, “Like It Hot” pode parecer uma bagunça sonora. Só que o refrão é tão mágico que consegue juntar tudo é mais um bangger do GWSN. Tomara que as mil e poucas cópias vendidas do álbum ajudem elas a não disbandar ainda.

15. WOO!AH! – PURPLE: O dadaísmo do refrão com elas falando que vão cagar ela isso a um novo patamar.

16. FUJII KAZE – KIRARI: Um monte de gente aproveitou a mudança de estação para lançar números gostosinhos daqueles que nos fazem sentir como a vida é boa em um pouco mais de três minutos de duração. Lá no Japão, teve o Fujii Kaze…

17. FROMIS_9 – WE GO: Na Coreia do Sul, teve o fromis_9 repetindo a fórmula de “Feel Good”, acompanhada agora de um MV super esperto delas aproveitando o verão pelas telas do computador…

18. OH MY GIRL – DUN DUN DANCE: O Oh My Girl, com mais ou menos o mesmo instrumental, mas puxando ainda mais para a disco music

19. BTS – BUTTER: O BTS, únicos humanos do K-Pop, com seu melhor single em anos…

20. HEIZE – HAPPEN: E a Heize, que adicionou ainda um tiquinho de melancolia nessa fórmula, servindo também seu melhor lançamento em anos. Essa em especial consegue me mergulhar num sentimentalismo esquisito muito legal de se deixar levar.

21. ONEUS – BLACK MIRROR: Dos boygroups que emularam a sonoridade funky masculina da SM de anos atrás, o que mais me cativou foi o ONEUS. O refrão começando minimalista, mas logo explodindo com vários outros elementos, é bom demais.

22. TO1 – SON OF BEAST: Mas o tal do TO1 (que, pelo que entendi, é aquele TOO do Road To Kingdom, agora com um nome mais fácil de diferencial no Google, certo?) não ficou muito atrás não. E o refrão engraçadinho desse acaba fazendo toda a diferença no fim do dia.

23. ROCKET PUNCH – RING RING: Finalizando a lista, dois acts que foram lá nos anos 80. “Ring Ring” ganharia muito com um melhor trabalho vocal por parte das integrantes, mas ainda assim é bem evocativa das delicinhas cinematográficas daquela época, dando orgulho ao a-ha em mais um novo reaproveitamento de Take On Me.

24. YUQI – BONNIE AND CLYDE: E a Yuqi com esse rockzão dançante dramático. Legal que ela se jogou de verdade nessa palhaçada, botando uma peruca loira tenebrosa num MV tosquerrimo que parece interlude de filme de ação de quarenta anos atrás. Eurovision 101 das boas. Periga ser o melhor debut solo desse ano.

E foi isso desse mês. Minhas prediletas: “Easy”, “Bonnie and Clyde”, “Private Dancer” e “DOOM DOOM TA”. E as de vocês?

Agora em junho tem Twice, Loona e álbum do Tokyo Incidents. Ansioso.

5 comentários em “PLAYLIST (Maio’21) 🍜

  1. “Não tinha a mais remota ideia de quem era esse Ken Hirai”

    Sério? Eu adoro várias músicas dele; conheço o Hirai desde que ele cantou com o John Legend numa premiação no Japão:

    Ele também já fez um cover muito bom de First Love (com a própria Utada na plateia aplaudindo), e tem o dueto peculiar dele com a Namie em um single:

    Curtir

      1. Não chega a tanto; conheço no máximo umas seis músicas dele (não contando os covers de Wonderful World e First Love), e considerando que ele começou mais ou menos na mesma época que a Utada, imagino que a discografia dele seja um tanto maior que seis músicas (a menos que a agência dele cuide da carreira dele igual a YG cuida da carreira do BlackPink, claro).

        Agora, se a agência dele for mais no naipe da avex com a Ayu, aí é capaz dele já ter uns 30 ou 40 álbuns lançados…

        Em outras notícias, está vendo os teasers individuais pro comeback do LOONA? A HaSeul já tá mais que confirmada (foi a primeira a ganhar teasers), mas desconfio que você vai gostar mais dos teasers da Sapuda:

        Curtir

        1. O cabelo dela está melhor agora, tá parecendo alguma modelo qualquer dos anos 90 – o que é sempre uma boa referência.

          Aleatoriamente, tô achando que ela está ficando com a cara da Namie Amuro. Tomara que não metam a faca aí, pois está bem natural assim.

          Curtir

  2. Só uma única correção de que na verdade o woo!ah! fez seu primeiro comeback ainda ano passado, e pessoalmente falando, eu acho o single album em questão beeeem delicinha e talvez tu goste também.

    A title Bad Girl é bem nos moldes ITZYescos de berrar em cima do eletrônico com espaço para um trechinho propício pra mandar uns voguings, e ainda sobra Round & Round mega chicletinha com um lyric emulando Meninas Superpoderosas e I Don’t Miss U que é um aegyo pras amiguinhas na festa do pijama que dosa muito bem essa fofura adolescente.

    E sim, Pandora é fodona, fazendo elas saírem como rookies bem legais de dar um biscoitinho e contribuir com o pão de queijo.

    Detalhe que recentemente elas ainda mandaram essa aleatoriedade deliciosa pro mundo provando que o BABYMETAL é a maior banda de metal do século

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Brave Sound Drop It Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s