Dumb Dumb: Somi está de volta com mais outra migalha anual pra vocês fingirem que a YG realmente se importa com a carreira dela

Todo ano eu devo repetir essa mesma introdução, já que o Miojo já estava no ar quando ela debutou solo, mas vamos lá novamente: Somi é um desses casos de “vai-não-vai” do pop coreano. Ela chamou certa atenção como novinha injustiçada ao perder “Sixteen”, reality show que deu origem ao Twice (hoje, um dos maiores girlgroups do K-Pop em atividade), o que lhe ajudou a encabeçar a lista de vencedoras da primeira temporada do “Produce 101” e ser a center do I.O.I, o primeiro (e mais icônico, em minha opinião) dos muitos grupos temporários que virariam moda dali em diante.

E como era temporário, ele logo acabou. Aí, na teoria, ela deveria “re-debutar” na JYP Entertainment com outras gatinhas trainees da gravadora já mais ou menos conhecidas na época. Mas calhou do velho achar que a Somi estava famosa demais (ou algo assim, nunca achei fonte disso) e que poderia eclipsar as demais pirralhas do line up. Então Somi saiu da JYP e pulou para a… YG. Ou melhor, pra BLACKLABEL, subsidiária ainda menos empenhada em fazer seus artistas acontecerem que a chefia big3. Por que? Sei lá. Nessa altura do campeonato, o planeta inteiro já sabia da fama ali.

Então a Somi debutou solo com Birthday. Foi um sucesso, vendeu bem, um monte de gente falou sobre. Mas levou mais de um ano inteiro pra fazer seu primeiro comeback com What You Waiting For, que nem top 50 na Gaon foi. Afinal, pra que mesmo que o público geral iria se dar ao trabalho de acompanhar uma artista de frequência anual?

Corta para mais de um ano inteiro passado, novamente, e aqui está o segundo comeback da Somi, Dumb Dumb:

Eu acho a Somi uma solista bem bacana no que se propõe. Ela tem um vocal bacana, cujo timbre é um tiquinho mais reconhecível que o geral de gatinhas do K-Pop. Eu conseguia identificar as linhas dela no I.O.I sem precisar daqueles vídeos mostrando quem canta o que, e com ela tomando todo o tempo da música fica ainda mais divertido de ouvir. E o visual “mina branca com alguns traços asiáticos” cola legal em tela, tanto quando ela dá uma de nerdona weird quanto nas partes em que ela encara a fantasia de cantora pop e se porta como uma grande gostoso.

E sei que sou minoria nisso, mas gosto de tudo (“tudo”, duas músicas mais essa) o que ela lançou após ir pra BLACKLABEL. “Birthday” ainda é uma palhaçada chiclete bem divertida de ouvir, “What You Waiting For” é a Ugly/Sober/What’s Wrong?/Lovesick Girls do Teddy pra ela e “Dumb Dumb” também é muito bacana.

somi | Explore Tumblr Posts and Blogs | Tumgir

É que ela tem o lado “red” e o lado “velvet”, entenderam?

A mistura de um popzinho teen inofensivo com breaks piranhudos parece estranha no papel, mas funciona muito bem na execução. Gosto do jeito que o vocal dela muda nessas duas partes, sendo mais agudo, despretensioso e bocó nos versos fofos e dando uma volta de 180º nas spoken words do refrão. E quando os dois se misturam nos versos finais é uma delicinha de ouvir. Não é a maior música já feita nessa proposta, mas entretêm sem prometer muito. E é meio por isso que estou aqui, então viva!

O único defeito dela e que, provavelmente, me fará ouvir bem menos do que outros jams que saíram hoje e nos últimos dias é que ela é curta demais. Sério, dois minutos e meio? Eu sei que a indústria fonográfica funciona assim, mas diminuir tanto o tempo da música só para ela ter um desempenho maior em repeats é patético demais.

Enfim, a carreira de três singles da Somi é legal, mas é triste ao mesmo tempo. Diferente da Anda, que foi pra BLACKLABEL mais ou menos nessa mesma época que a Somi, que já tinha flopado em tudo quanto é selo e meio que não tinha mais nada a perder, a Somi era um nome quente no mercado. Se tivesse ido pruma empresa menor e se tornado a Chung Ha deles, certamente teria um sucesso parecido ao da colega – até mais. Burra pra caralho, daqui uns anos ninguém vai lembrar dela mais. Capaz do título da música ser pra ela mesma.

9 comentários em “Dumb Dumb: Somi está de volta com mais outra migalha anual pra vocês fingirem que a YG realmente se importa com a carreira dela

  1. Achei essa música o exato oposto de “PTT” do LOONA: enquanto “PTT” é uma ótima música com um refrão fraco, esta aqui é uma música fraca com um ótimo refrão. Considerando que o refrão costuma ser a parte da música que fica na cabeça das pessoas, eu diria que a Somi se saiu melhor.

    Mas o que me surpreendeu foi como ela tá diferente do que eu lembrava dela no reality que formou o TWICE… não diferente no sentido “mais bonita” ou “mais feia” (ela era bonita na época do Sixteen e continua bonita agora), apenas… diferente. Talvez seja o cabelo loiro.

    Curtido por 2 pessoas

  2. eu acho muito triste esse negócio da carreira da Somi. querendo ou não, ela tinha muito futuro na indústria e ela é talentosa, o negócio é que ela escolheu a empresa errada, como tu disse. se ela tivesse ficado na JYP ou ido pra uma empresa menor ela com certeza estaria melhor do que agora. acho muito improvável ela sair da theblacklabel pq ia dar muita dor de cabeça pra ela, então é real torcer pra que ela não suma da indústria ou que não seja totalmente esquecida daqui uns anos.

    Curtir

  3. As vezes acho que a Somi nem tá ligando pra esse lance de ser cantora real. As vezes acho que ela só quer ser uma influencer ou como diziam antigamente ~personalidade~ da mídia.
    E sobre a música, não achei tão legal assim não. A outra era mais divertida.

    Curtir

  4. PIRIGUETES DE CADA GRUPO:

    Blackpink (grupo das piriguetes):
    Lisa (a exibida e a mais piriguete de todas)
    Jennie (a segunda mais piriguete)

    Twice:
    Sana (é piriguete mas não é tão exibida)
    Nayeon (segunda mais piriguete do grupo e exibida)
    Caso particular: Momo (tem tudo pra ser piriguete mas não é)

    Red Velvet:
    Seulgi (é a segunda mais popular do grupo mas é a única piriguete. Diferentemente da Irene que é a mais popular e é comportada)

    G-Idle:
    Soyeon (preciso nem falar)

    Itzy:
    Todas menos a Chaeryeong (novinhas e populares são as mais propensas a serem piriguetes)

    Gfriend:
    Eunha (aproveita da popularidade e fofura para piriguetar)
    Yerin (Só não é mais piriguete por que não aparece tanto quanto a Eunha)

    Mamamoo:
    Hwasa (Holofotes + corpão = piriguetagem garantida)

    Solistas piriguetes:
    Jessi, Hyuna, ChungHa, Sunmi e Somi

    Curtir

  5. Um ato por ano, e ainda por cima uma música morna, ela tem sorte de construir uma fanbase sólida para ter tanta paciente de esperar ela lançar algo novo, nada me tira da cabeça que isso foi um b-side descartada do última álbum das PRETOROSA. Pelo menos poderiam dar um álbum com umas 4 ou 5 faixas igualmente chatas para segurar até o ano que vem. Beijos Somi até 2022
    Ps.: Acho que ela se mandou, pois apesar de conhecida e carismática, suas habilidades não condizem com o nível do itzy ou solista para a Jyp que tem um catálogo de talentos extenso

    Curtir

Deixe uma resposta para meiriellestefanie Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s