Raspa no tacho (28/11): Twice, Hwasa, Weki Meki e mais

Essa semana pós-fim de período da faculdade me bateu uma preguiça.

[ Twice – Scientist ]

Mais uma música muito legal do Twice dentro desse novo template house que elas adquiriram lá por “Feel Special”. Não é a mais criativa nesse quesito, mas mesmo uma música mediana para os padrões atuais do Twice é muito superior ao que boa parte do K-Pop feminino tem feito.

[ Hwasa – I’m a B ]

Antes de tudo: puta que pariu, como a Hwasa tá linda! Vi uma galera comentando que “I’m a B” parece a Hwasa fazendo o que já fez em seus outros dois singles, o que faz sentido quando olhamos que ela sempre trabalha com o mesmo produtor, o Park Woo Sang, que meio que é o “Brave Brothers” dela e das outras meninas no Mamamoo. O lance é que eu gosto muito de “Twit”, “Maria” e dessa estética sonora que está se tornando a assinatura da Hwasa como solista, então também adorei “I’m a B”.

[ Weki Meki – Siesta ]

Já essa aqui eu achei bem qualquer coisa, pra ser honesto. O Weki Meki tem um catálogo excelente (pra mim, é o melhor da geração Produce 101), mas “Siesta” tem um refrão fraquinho e pouco memorável que não faz jus ao quão bom é o grupo. Parece album track e não title.

[ Ed Sheeran, Sunmi e Jessi – Shivers ]

Com o Ed Sheeran, essa música me dá uma imensa sensação de pau mole que nem com a dose mais alta de viagra vai conseguir levantar. Se tivessem limado totalmente o Júlio do Cocoricó dos vocais e deixassem só a Sunmi e a Jessi dividindo as linhas, com um tom um tiquinho mais alto, até poderia ficar aceitável, mas com o cabeça de cenoura carregando tudo pra baixo, continua um cocô.

[ B.I – Cosmos ]

Música bem simpática do B.I, que acabou sendo ofuscada pela notícia dele ter sido condenado à prestar serviços comunitários por ter sido pego fumando unzinho anos atrás. Acho o B.I bem talentoso e espero que, quando o contrato do iKON eventualmente se encerrar, ele e o Bobby voltem a trabalhar juntos, pois eles funcionam muito bem juntos como produtores.

Treco ocidental da vez: Gloria Groove – A Queda

Estou beeeeem atrasado nessa aqui, mas a Gloria Groove (que, segundo o Twitter, na verdade é branca e, segundo o Zeca Camargo e uma das apresentadoras daquele Vênus Podcast tenebroso, é mulher) mandou muito bem nessa “A Queda”. Achei sensacional ela usar o refrão de If U Seek Amy, da Britney, achei o videoclipe sombrio bom demais, e estou curtindo muito o sucesso que essa música tem feito digitalmente. Já é a melhor faixa dela em um bom tempo. Tomara que o tal álbum que está por vir seja nesse nível.

Na próxima, eu comento os jotapopes.

3 comentários em “Raspa no tacho (28/11): Twice, Hwasa, Weki Meki e mais

  1. Eu achei “A Queda” incrível e “Leilão” também, já ouviu essa?
    A Glória tem um carisma e uma forma de interpretar as músicas muito própria, o que sempre eleva as músicas dela pra mim. E visualmente, nem se fala.
    O pop brasileiro num todo tá bem legal, parece que os artistas estão se preocupando mais com isso e entregando coisas mais elaboradas.

    Curtir

  2. Pensei a mesma coisa de Shivers, a Sunmi e Jessi deixaram a música mais escutavel_ fico besta como a voz desse homem da um sono miserável e tédio e essa criatura faz um sucesso danado, enfim_
    Twice teve um ano muito bom e as músicas foram boas pra mim, a única patinada foi em Perfect Word. Apesar de Scientist perder um pouco o fôlego, tem o álbum e a coreografia simpática de brinde.
    Sobre Glória Groove, fiquei impressionada pelo clipe parecer orçamento a nível internacional mesmo.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s