PLAYLIST: junho de 2022

O mês de junho acabou sendo bem mais movimentado do que eu imaginava com o retorno das aulas presenciais na minha faculdade e mais uma porção de coisas que rolaram pra mim em OFF. Nessa, perdi o hype para comentar alguns lançamentos bem quentes.

Dessa vez, em vez de fazer um pacotão, vou só partir logo para a playlist comentada, que traz o que de mais legal rolou nesses últimos tempos e sigamos para julho.

01. SUNMI – HEART BURN: Não esperava a Sunmi servindo algo mais voltado pro country/folk à essa altura do campeonato, mas que bom que isso rolou. “Heartburn” é sutil, elegante e “viajada” o suficiente no teclado mais espacial para me dar uma impressão setentista da produção toda. E o MV é lindíssimo também. Uma das melhores músicas do catálogo da Sunmi.

02. NAYEON – POP!: Essa aqui está excelente também. Uma versão tunada do debut da Somi. Eu gosto demais desses instrumental bubblegum retrô onde a única vontade é nos colocar para dançar. Um excelente primeiro debut para integrante do Twice. Que venham mais (de preferência, da Momo).

03. RINA SAWAYAMA – THIS HELL: Ainda na seara de pops emulando country da Sunmi lá em cima, Rinão vai lançar um novo álbum em breve e o primeiro single dele já está entre nós. Bem poppy, bem catchy, e com a guitarra bem acentuada como todos amamos na Rina. “Uaaau, that’s hot!”

04. LOONA – FLIP THAT: Outra surpresa do mês foi o Loona CRIANDO VERGONHA NA CARA E LANÇANDO UMA MÚSICA BOA. Eu gosto do jeito mais leve e “da natureza” que elas escolheram servir o house aqui, gosto do refrão repetitivo, gosto do jeito que a música vai nos levando pruma atmosfera mágica. Uma pena isso provavelmente ser exceção (é um “álbum especial”, né).

05. KEP1ER – UP!: Eu peguei implicância com o Kep1er após o run tenebroso delas no Queendom, mas esse primeiro comeback delas está bem gostosinho. Me lembra umas coisas legais daquele grupo da gravadora do Lovelyz que eu esqueci o nome, mas o Dougie fica panfletando em toda oportunidade que encontra.

06. WONHO – CRAZY: Outro músicão do Wonho montado para ele ficar se alisando todo besuntado de óleo com se fosse um gogoboy. Dessa vez, mais voltado pro rock. Por mim, tudo ótimo!

07. STU48 – SURE, JANE: Um synthpop oitentista gostosinho vindo de um grupo 48 que eu nunca nem tinha ouvido falar. Uma gracinha.

08. JO YURI – LOVE SHHH!: Sigo sendo o único fã da Yuri na blogosfera fundo de quintal e quem perde são vocês, pois “Love Shhh!” é um pop/rock-sandy-e-junior energético divertido demais de ouvir.

09. AESPA – ILLUSION: Não sei exatamente qual o contexto dessa música do aespa (esse foi um mês bem complicado de tempo). Foi um single promocional? Enfim, tanto faz, pois achei bem melhor que aquela chatice de baladinha no violão que elas fizeram depois. Bem futurista, bem aespa, só que no bom sentido.

10. SUPERFLY – VOICE: Pra encerrar, esse single da Superfly que o Dougie colocou em SEGUNDO LUGAR na lista de melhores do semestre dele e eu nunca nem tinha ouvido antes. É o que ele disse lá no post: bem ABBA.

Quais foram as prediletas de vocês?

9 comentários em “PLAYLIST: junho de 2022

  1. Junho foi um ótimo mês. E não, você não foi o único a ter gostado do release da Jo Yuri, eu também estranhei o ranço da blogosfera em cima do hininho. Já aespa, mesmo tendo lançado uma música melhor do que todas as outras, ainda não decolou comigo. E aproveito p/ panfletar (ou fazer vc lembrar) de uns esquecidos do mês:

    (mesmo eu reclamando tanto de tropical house, não é que KARD me deu um tapa virtual e conseguiu chamar minha atenção?)

    (sim, sua queridinha voltou e com um ótimo hino retrô)

    Depois desse listão, já quero um update nessa playlist, peyshox!

    Curtir

  2. LOONA e Sunmi gostei muito, adicionei na playlist de primeira. A do aespa não entendi por que aquela porcaria genérica ganhou MV e coreografia e Illusion não??? Parece que Illusion era uma faixa promocional para o novo comeback, mas veio aquela água com açúcar lá e fiquei sem entender, porque o comeback mesmo não chegou…

    Achei Pop fraquinha, parece alguma track rejeitada pela JYP de quando o Twice era fofo (eu consigo VER isso aqui sendo cantado por algumas das integrantes, e imaginar como algo da época Heart Shaker/What Is Love?). Aliás, o álbum inteiro me cheira a isso, um monte de músicas genéricas que a JYP engavetou por não serem boas o suficiente para os nomes grandes da casa, e que empurraram para a Nayeon. Ouvi o álbum e 10 minutos depois tinha esquecido dele.

    Ouvi a nova da Jo Yuri só pela descrição de pop rock e gostei!!!!!!!! Será que ela se redimiu de Glitch comigo? Veremos se dura na Playlist De Verão™.

    Curtido por 1 pessoa

  3. O Queendom 2 pode ter tido seus problemas, mas parece que pelo menos serviu pras participantes voltarem com músicas boas. Junho teve ótimos comebacks do LOONA e do Kep1er, e hoje tivemos o das Cosmic Girls (ou WJSN, como preferirem) que também está muito bom; pra quem ainda não ouviu, eu recomendo bastante!

    Agora é torcer pro comeback da Hyolyn e pro do Viviz este mês também serem bons (e pras Brave Girls não demorarem pra fazer o delas, ou vão perder o hype – por mais minúsculo que tenha sido – que o programa gerou pra elas).

    Curtir

  4. Aproveitando a presença do LOONA nesse post, não sei se vocês viram o “escândalo” envolvendo a HyunJin… e faz sentido se não tiverem visto, porque até onde eu acompanhei, ao que parece, os kpoppers dessa vez surpreendentemente tiveram uma postura sensata e não alimentaram a narrativa do “escândalo”.

    Talvez ainda haja esperança pra esse povo (provavelmente não tem, mas fica a torcida).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s