Em “ASSA”, Cignature debuta pela segunda vez com o icônico CLONE CONCEPT (YASSSSS)

Lá pelo início de fevereiro, a C9 Entertainment, gravadora da Cheetah, da Juniel e da Younha, debutou um novo girlgroup na praça, intitulado Cignature (não achei o nome tão ruim não, viu). Pelo que entendi, essa é uma reformulação daquele Good Day, grupo de flopadas aegyo que participou do The Unit usando umas roupas de escola de freira ridículas. A empresa parece ter entendido que a bomba não iria para frente de maneira nenhuma, pois eram só mais uma massa amórfica aegyo em meio a tantas outras massas amórficas aegyo. Então, tal como Dreamcatcher, deram uma recauchutada aqui e ali no line up, imagem e sonoridade, escolheram outro nome e resolveram começar de novo.

Aparentemente, não deu tão certo de primeira. Vi uns colegas aqui da blogosfera culpando esse debut não chamar atenção por ter sido eclipsado por outros nomes femininos de maior alcance com o público, que soltaram comebacks na mesma semana, como GFRIEND, Everglow e Loona. Discordo. Acho que Nun Nu Nan Na não atraiu olhares na fanbase por sem UMA MERDA COMPLETA (pra mim, a pior do ano até então). Não fiz post à época, mas acho o refrão desse bagulho um dos mais enervantes dos últimos anos, tão agudo que ele é. A ideia parecia ser emular Red Velvet na era “Ice Cream Cake”, mas o resultado se assemelha aquele ruído de metal arranhando vidro muito utilizado em filmes de terror. Credo.

Isso passado, cá estão as meninas de volta. Aleatoriamente, a C9 resolveu classificar esse primeiro comeback como, na verdade, uma “parte 2” do debut. Então, sigamos essa cartilha nugu e confiramos o que mudou (para melhor) em ASSA:

Continuar lendo “Em “ASSA”, Cignature debuta pela segunda vez com o icônico CLONE CONCEPT (YASSSSS)”

Raspa no Tacho (26/02): BTS, iKON, Super Junior, Mamamoo e outros trecos horríveis recentes

Edição especial da raspa no tacho, compilando uma porção de porcarias que saíram durante as férias do blog. Vamos lá…

Continuar lendo “Raspa no Tacho (26/02): BTS, iKON, Super Junior, Mamamoo e outros trecos horríveis recentes”