Heize, “Lyricist” e outras bossas novas no K-Pop

Heize retornou ontem (10) com Lyricist, seu sexto mini-álbum de estúdio, divulgado com o lead single de mesmo nome abaixo:

Sei que sou minoria nessa bolha, mas gosto bastante da Heize como artista. Das participantes do finado “Unpretty Rapstar”, ela foi a que, a longo prazo, se mostrou mais estável em questão de qualidade de releases e sucesso com o público. Adoro seu timbre vocal e vejo a maneira mais passional dela cantar como um diferencial no nicho de “artistas consumíveis por universitários coreanos”. Com poucas exceções, sua voz e figura conseguem elevar a qualidade de uma demo como poucos.

“Lyricist” é uma delícia, já ouvi umas trinta e sete vezes de ontem para hoje. Além disso, ela segue uma moda estranhamente interessante que muitos cantores sul-coreanos já vinham apresentando há bastante tempo, mas que parece ter se intensificado esse ano: a inspiração na bossa nova.

Não tenho a mais remota ideia do porquê de diferentes produtores e compositores da Coreia do Sul serem influenciados pela bossa nova (talvez por trilhas sonoras de filmes europeus?), mas foram vários os singles e album tracks mesclando o estilo aqui do Brasil com outras influências mais atuais. Alguns exemplos:

Continuar lendo “Heize, “Lyricist” e outras bossas novas no K-Pop”

PLAYLIST | Asian Pop 2020: Update de abril

E vamos de atualização da playlist do blog, agora com novas faixas lançadas em abril e mais algumas filhas perdidas de março. O mês não foi lá essas coisas em quantidade. No entanto, quando falamos de qualidade, os poucos releases conseguiram se destacar, fornecendo material o suficiente para ouvir, repetir e não enjoar.

Sem esticar o inesticável, vamos aos comentários faixa a faixa…

Continuar lendo “PLAYLIST | Asian Pop 2020: Update de abril”

HA:TFELT chega ao seu ápice hipster na lindíssima “Satellite”

Não é esquisito constatar que, dentre as ex-Wonder Girls, a Yenny foi a que conseguiu um melhor gerenciamento? Quer dizer, a Sunmi fez bem mais sucesso, mas a real é que a Make Us Entertainment mal lançou coisas com ela nesses últimos três anos, enquanto a Amoeba Culture juntou material o suficiente para que a HA:TFELT soltasse um full album antes de todas.

Continuar lendo “HA:TFELT chega ao seu ápice hipster na lindíssima “Satellite””

Os 10 melhores álbuns de K-Pop da década de 2010

Como disse ontem, aqui vai a minha lista com os melhores álbuns do K-Pop nessa década. Diferente da lista da Billboard, achei melhor reduzir o número apenas a 10, 25 é coisa demais. E vocês vão reparar que não tem nada de act masculino, mas aí a culpa não é minha, sim da falta de empenho dos produtores dos oppa em construir tracklists excelentes.

Continuar lendo “Os 10 melhores álbuns de K-Pop da década de 2010”

Raspa no tacho (17/08): Oh My Girl, Seventeen, Weki Meki e mais

Muitos lançamentos que rendem poucos comentários, juntos para formar volume num post só. Será que a sua favorita foi lembrada? Vamos à raspa no tacho…

Continuar lendo “Raspa no tacho (17/08): Oh My Girl, Seventeen, Weki Meki e mais”