TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2015 [25-11]

Penúltima parte desse ranking. O que quer dizer que, hoje, rola aquele clichê de listas de melhores do ano da blogosfera fundo de quintal, onde são várias e várias as gemas intocáveis, lacradoras, fadas de cristal, donas de nossos furicos, destruidoras de nações inteiras e salvadoras do pop, mas que, por pura subjetividade desse belo rapaz que vos escreve, acabaram ficando fora das 10 mais de 2015 de acordo com esse blágh.

Uma porção de fan favorites rodam abaixo. Será que a sua SOTY aparece aqui? É clicar e conferir…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2015 [25-11]”

TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2019 [55-41]

Mais um dia, mais um pedaço desse listão. Particularmente, só começo a levar a sério de verdade esses tops a partir do 40º colocado em diante. O que significa que essa é a última parte “inútil” do ranking, pensando por esse lado. De qualquer forma, vejam essas listas de melhores do ano em blogs mais como um compilado do que rolou de lançamentos ao longo dos meses passados do que como algo em definitivo, caras.

Btw, Dougie já começou o dele também, que está bem mais variado em nacionalidades e sonoridades que o meu (embora a vadia tenha cortado uma faixa que estará no meu top 10 logo na primeira parte, essa tosca), tem também o do Wendell Gosto Meu, que deu um jeito de enfiar quatro bagulhos de um tal de ATEEZ na lista, sendo que eu nem sabia que esses nugus tinham soltado isso tudo de música (credo).

Enfim, vamos aos cortes de hoje…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2019 [55-41]”

TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2019 [100-86]

2019 foi um ano interessante ao pop asiático. Desnivelado, mas interessante. Pro K-Pop, muito legal, cheio de ápices comemoráveis. Imaginei que, por conta das várias baixas ocorridas anteriormente, a cena não se sustentaria corretamente. Felizmente, os novos nomes surgidos têm investido em trabalhos relativamente ótimos, que justificam o interesse em tal nicho, ainda que desprovido de qualquer nostalgia. Já pro J-Pop, bleh. Acts e artistas grandes não se esforçaram tanto, uns até sumiram. Tanto que a quantidade de faixas coreanas nessa lista é BEM MAIOR que a de japonesas, coisa atípica. De qualquer forma, foram vários os bops que, em diferentes momentos, fizeram a minha cabeça. Uns mais do que outros, claro.

Vocês já sabem, mas não custa reforçar: as listas aqui do blog são extremamente arbitrárias, considerando, única e exclusivamente, a minha opinião. Nada de charts, nada de relevância cultural. Só a pura e simples subjetividade deste que vos escreve. Não levem tão a sério, eu mesmo não me levo.

Pois bem. Cruzem aí os dedos para que suas favoritas apareçam bem alto, se zanguem com elas morrendo logo nesse primeiro corte e, claro, vão comentando também quais os eventuais hinos que baterão ponto entre as 10 mais. Sem mais delongas…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2019 [100-86]”

PLAYLIST | Asian Pop 2019: Update de maio

Oh, wow. Acabou maio. E agora que o blog está de vez de volta, bora retomar aquilo de uma playlist anual no Spotify com atualizações mensais? Yay! Sendo honesto, achei o mês bem legal, com vários e vários lançamentos capazes de fazer minha cabeça, grudentos e divertidíssimos nos fronts coreano e japonês. Yup, Japão finalmente resolveu acordar e entregar músicas ótimas nas últimas semanas, com álbuns de artistas e acts relevantes para competir quase de igual com a ilha vizinha, que ainda tem a maioria das tracks na lista, mas por uma diferença bem baixa em comparação com os primeiros quatro meses.

Sem enrolar mais, confiram o player abaixo e os meus comentários faixa a faixa…

Continuar lendo “PLAYLIST | Asian Pop 2019: Update de maio”

Pra que Dreamcatcher se LADYBABY e BABYMETAL estão a todo vapor?

Teoricamente, eu deveria soltar um pacotão com o que de melhor saiu no J-Pop nos últimos meses. No entanto, como tem sido comum no Japão em anos mais recentes, são pouquíssimos os acts e artistas realmente relevantes que soltam releases minimamente bons e comentáveis nesse tipo de blog em primeiros trimestres. Saíram, vá lá, quatro troços legais e que foram pro meu celular de janeiro até aqui. Então, melhor dividir em posts próprios, caso desse aqui, com LADYBABY e BABYMETAL invalidando a existência de Dreamcatcher na Ásia (e no inferno) com singles satânicos simplesmente maravilhosos…

Continuar lendo “Pra que Dreamcatcher se LADYBABY e BABYMETAL estão a todo vapor?”