Time Machine: quando os lados “velvet” e “red” se separaram em “Automatic” e “Ice Cream Cake” (2015)

O Red Velvet havia debutado em 2014 sob circunstâncias esquisitas. Em suma, ficou uma impressão feia de que a SM colocou a estreia do grupo para agir como cortina de fumaça para a saída da Sulli do f(x). E a fama de “grupo tapa buraco” se reforçou ainda depois naquele ano, quando a gravadora soltou o single Be Natural na mesma semana que foi noticiado que o Luhan, do EXO, tinha entrado com um processo para sair do grupo por “diferenças criativas” (Luhan era um dos membros chineses do lineup, que já havia perdido meses antes o Kris).

Mas as coisas pareciam mudar com virada do ano. E então, com um trabalho que não pareceu ser feito às pressas e com a adição da Yeri no lineup, em março de 2015 rolou o primeiro comeback “oficial” do Red Velvet com o mini-álbum “Ice Cream Cake”, que contou com o pré-release Automatic e, claro, com a title Ice Cream Cake

Continuar lendo “Time Machine: quando os lados “velvet” e “red” se separaram em “Automatic” e “Ice Cream Cake” (2015)”

Rock wins: Joy (Red Velvet), TXT e outros lançamentos recentes que misturaram rock com capope

Nos últimos dias, calhou de vários acts diferentes utilizarem elementos de rockzinho em suas músicas. Não é nada que reinventará o rock’n’roll ao redor do mundo, tirará Kurt Cobain de seu túmulo ou agradará Theo Becker em seu canal de YouTube, mas os resultados foram todos bem agradáveis, com vários novos pop/rocks gostosinhos que entrarão para minhas audições diárias.

Aí reuni tudo num post só para comentar e recomendar para vocês. Vamos lá…

Continuar lendo “Rock wins: Joy (Red Velvet), TXT e outros lançamentos recentes que misturaram rock com capope”

Raspa no tacho (29/05): Oh My Girl, Everglow, Taemin, Rocket Punch e mais

De tempos em tempos, uma porção de trecos saem e, por algum motivo, como falta de relevância para encher um post inteiro, ou falta de tempo deste que vos escreve, acabam não dando às caras aqui quando deveriam. Juntem isso tudo num lugar só e, plim, temos a raspa no tacho.

Continuar lendo “Raspa no tacho (29/05): Oh My Girl, Everglow, Taemin, Rocket Punch e mais”

Meus 10 videoclipes prediletos do asian pop!

Dias atrás, o Dougie soltou um post elencando os 10 videoclipes prediletos dele dentro do asian pop. A ideia é ótima, então resolvi copiar. 😀

Só não imaginava que escolher só 10 fosse ser uma tarefa tão ingrata. Pra isso, usei o seguinte critério: como o YouTube é o meu principal player de música online, pensei aqui em quais vídeos, quando apareciam no aleatório, costumam que fazer parar o que estou fazendo em primeiro plano e ir assistir até o fim. Aí reduzi pros que eu acho mais melhores de bom e, pum, temos a lista. Aqui vai ela…

Continuar lendo “Meus 10 videoclipes prediletos do asian pop!”

PLAYLIST (Abril’21) 🍜

Mês esquisito esse, hein? A enorme maioria de girlgroups, nugus ou de alto escalão (estou xingando vocês, ITZY) cagaram no maiô com uma porrada de músicas tenebrosas. Em contrapartida, vários male acts mandaram muito bem, com bobagens pop divertidas para as pistas de dança não se levando tão a sério. Qual o sentido? Estou num universo paralelo? Que loucura!

Vamos para a atualização da playlist do blog, que já conta com 78 músicas e quase 5 horas de duração. De antemão, já aviso: uma porrada de oppas, músicas de animes e album tracks do novo hinário da Yukika…

Continuar lendo “PLAYLIST (Abril’21) 🍜”