50% de 2022: As 10 melhores músicas do primeiro semestre!

E lá se foi mais um semestre inteiro. Fui dar uma olhada nos outros dois posts que tenho compilando as melhores músicas que saíram nas primeiras metades dos últimos dois anos e é interessante o quanto eles funcionam como um relatório desses tempos de pandemia e isolamento social. No de 2020, ainda sem qualquer notícia sobre vacinas, eu reclamo sobre o ano ser impedido de começar “de verdade” e explico que sinto ainda estar de férias, já que a minha faculdade tinha sido fechada e eu trabalhava remotamente. No de 2021, conto que já havia uma vacina, mas a imunização ainda era escassa por aqui (depois descobriríamos o motivo), e ainda tínhamos que aturar o bostão do presidente dizendo que havia se curado da COVID-19 tomando remédio de piolho.

Agora, em 2022, em certa medida, as coisas parecem voltar ao normal. Eu já estou com 3 dozes da vacinação, em breve tomarei a quarta. A COVID-19 já não é mais um monstro invisível e misterioso, e consegue ser domada por aqueles que tomam os cuidados necessários. Minha faculdade (que atrasou um semestre inteiro e passou outros três rolando apenas online) já retornou às atividades presenciais, já podemos encontrar nossos amigos com uma maior frequência, ir ao cinema, a restaurantes, usar os apps sem medo de morrer e por aí vai. De certa maneira, é como se esse primeiro semestre de 2022 fosse o último desse período bizarro que ficará para a história. Mas isso nós só descobriremos no ano que vem.

Enfim, uma coisa que se manteve nesses posts de 50% é a minha sensação de que, se todo o resto do mundo está uma merda, a música pop asiática ainda segue como um ponto de luz na escuridão. Nesses três primeiros semestres, foi nela onde pudemos encontrar o escapismo descerebrado ideal para deixar o que há de pior de fora para nos divertirmos sem restrições em nossas cabeças através dos nossos fones de ouvido.

Provavelmente esse top 10 mudará bastante até dezembro, já que foi assim nos dois últimos, mas aqui vão as minhas faixas prediletas do pop asiático lançadas em 2020 até então. Dessa vez, nenhum MandoPop, sendo 5 representantes do J-Pop e 5 do K-Pop. Listas são sempre divertidas, então convido vocês a elencarem também suas prediletas nesse último semestre. Será que sua favorita entrará? Bom, não se for uma do Red Velvet, já que achei os singles delas tanto na Coreia quanto no Japão uma bosta… :V

Continuar lendo “50% de 2022: As 10 melhores músicas do primeiro semestre!”

Raspa no tacho (30/04): Ayumi Hamasaki, Utada Hikaru, Wednesday Campanella e outros jotapopes pra vocês!

De tempos em tempos, uma porção de trecos saem e, por algum motivo, como falta de relevância para encher um post inteiro, ou falta de tempo deste que vos escreve, acabam não dando às caras aqui quando deveriam. Juntem isso tudo num lugar só e, plim, temos a raspa no tacho.

Continuar lendo “Raspa no tacho (30/04): Ayumi Hamasaki, Utada Hikaru, Wednesday Campanella e outros jotapopes pra vocês!”

PLAYLIST: janeiro e fevereiro de 2022

O ano está indo no K-Pop, J-Pop e adjacências. Eu, no entanto, permaneço de “férias” do blog por enquanto, acompanhando mais ou menos de longe os lançamentos. Já saiu bastante coisa boa que não comentei por aqui. Então, vamos aproveitar o feriadão de carnaval, o fato de hoje ser o último dia do mês e eu ter tirado disposição sei lá de onde nesse calor pra mexer na aparência do blog para soltar a primeira playlist de 2022, contendo trecos lançados em fevereiro, janeiro e umas raspas do tacho que rolaram bem no finalzinho de 2021.

O que entrou é o que eu tenho ouvido e gostado. O que não entrou é porque ou não ouvi ou ouvi e não gostei (tipo STAYC e Apink). Já sigam lá no Spotify e vamos aos pitacos faixa a faixa…

Continuar lendo “PLAYLIST: janeiro e fevereiro de 2022”

TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2021 [40-26]

E enfim chegamos à trinca final de posts. O que quer dizer que, daqui em diante, todas as faixas realmente fizeram algum barulho em minhas playlists, a ponto de, em dados momentos, serem consideradas para o top 10. Só que a vida não é perfeita para todos, então tais delicinhas acabaram barradas da festa um pouco mais cedo. Mas só um pouquinho mesmo.

Sem mais delongas, vamos lá…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2021 [40-26]”

As músicas mais pau mole de 2021

Fim de ano em blogzinhos da blogosfera fundo de quintal é época de intermináveis listas compilando os mais sei o que lá de tal período de 12 meses. Vários colegas já começaram seus listões com o que de melhor rolou, eu mesmo pretendo começar o meu no natal, mas como um “esquenta”, quis trazer antes uma coletânea com o que de pior eu ouvi ao longo de 2021. Dessa vez, além de falar das bombas radioativas do asian pop, incluirei também algumas porcarias do pop ocidental.

Se lista de “melhores trecos” já são bastante subjetivas, as de “piores troços” então são de arrancar cabelos alheios, o que torna tudo ainda mais divertido. Abaixo, entraram aquelas faixas que ouvi e minhas opiniões variaram entre “huh, esse act lançando isso aqui?” ou “nossa, que vontade de arrancar meus tímpanos.” O que quer dizer que algumas delas nem são ruins ruins, só, ahn, fracas por x motivos ao serem executadas por y artistas, sendo um pecado por existirem da forma que existiram. As outras são só um cocô sonoro mesmo. Aah, e atenção pro “que ouvi” em vermelho ali atrás, pois não faz o menor sentido querer falar mal de bagulhos feitos por gente que sequer me importo com a existência (basicamente, 80% da corja de boygroups da atualidade).

Pormenores introdutórios introduzidos, vamos falar mal de BLACKPINK pra já atrair a atenção da garotada e bombar de views

Continuar lendo “As músicas mais pau mole de 2021”