TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2022 [10-01]

E enfim chegamos ao fim de mais um ranking do Miojo Pop, listando quais foram os 100 melhores lançamentos do asian pop durante o cansativo ano de 2022. Muitas foram as ótimas músicas que passaram por aqui nos últimos dias, mas só 10 conseguiram atingir o ápice em tal listão.

Sem mais enrolações, qual bop se juntará à animesong heaven de Vivid Vice, do Who-Ya Extended, à epítome do citypop de Soul Lady, da Yukika, ao baladão ultraemotivo da BoA, Fly, ao sex anthem Eclipse, da Kim Lip, ao rockzão poético She Hates Me, da Anna Tsuchiya, ao pop heaven de Aladdin, do Wednesday Campanella, à magia ballroom de 4 Walls, do f(x), e ao pancadão indústrial de Red Light, também do f(x), no panteão de bests of aqui do blog? Confiram…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2022 [10-01]”

TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2022 [25-11]

Penúltimo dia do ano, penúltima parte desse ranking. O que quer dizer que, hoje, rola aquele clichê de listas de melhores do ano da blogosfera fundo de quintal, onde são várias e várias as gemas intocáveis, lacradoras, fadas de cristal, donas de nossos furicos, destruidoras de nações inteiras e salvadoras do pop, mas que, por pura subjetividade desse belo rapaz que vos escreve, acabaram ficando fora das 10 mais de 2022 de acordo com esse blágh.

Uma porção de fan favorites rodam abaixo. Será que a sua SOTY aparece aqui? É clicar e conferir…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2022 [25-11]”

TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2022 [40-26]

E enfim chegamos à trinca final de posts. O que quer dizer que, daqui em diante, todas as faixas realmente fizeram algum barulho em minhas playlists, a ponto de, em dados momentos, serem consideradas para o top 10. Só que a vida não é perfeita para todos, então tais delicinhas acabaram barradas da festa um pouco mais cedo. Mas só um pouquinho mesmo. Diferente de “Hype Boy”, que foi barrada um poucão mais cedo.

Sem mais delongas, vamos lá…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2022 [40-26]”

TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2022 [55-41]

Quarta-feira, 28 de dezembro de 2022. Chegamos naquele limiar da semana entre Natal e Ano Novo em que fica mais ou menos mais para lá do que para cá, mas não tanto assim. Hora de jogar o que sobrou da ceia no lixo, começar a se organizar pro que virá daqui em diante, fazer aquelas listinhas de metas que não serão seguidas e prospectar um futuro melhor.

O que também significa que essa lista finalmente chega à metade e as coisas começam a ficar ainda mais quentes na hora dos cortes. E a sua favorita, será que aparecerá agora, mais pra frente ou sequer foi considerada, tipo “Hush Rush”, da Chae Yeon, que eu tinha esquecido que saiu? Uou, vamos descobrir…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2022 [55-41]”

Em “Tinker Bell”, Wednesday Campanella transforma a fada Sininho numa mina fodona

A essa altura do campeonato, vocês já devem saber que eu tenho um fator biased alto por esse grupo japonês de música eletrônica chamado Wednesday Campanella. Já falei deles algumas vezes por aqui, já coloquei músicas deles em posições bem altas nos meus tops de melhores do ano (pegaram inclusive em #1 em 2016 com Alladin).

O que mais me agrada no vasto catálogo do Wednesday Campanella é quando eles se jogam com força nos elementos mais pops da música eletrônica, e aí entregam uns bops que a gente percebe que são um tiquinho mais elaborados e pesados que o geral de acts radiofônicos, mas ainda assim muito chicletes, dançantes e por aí vai.

Esse ano, eles soltaram um álbum recheado de jams assim. E, mais recentemente, rolou também um single no qual me viciei tanto quanto as melhores do LP e, de novo, será um que deve figurar bem alto no listão de melhores do ano. Já tinha mencionado ele numa raspa no tacho, mas ouçam abaixo Tinker Bell e se preparem para parágrafos e parágrafos do oppa rasgando seda para essa maravilha…

Continuar lendo “Em “Tinker Bell”, Wednesday Campanella transforma a fada Sininho numa mina fodona”