Raspa no tacho (26/09): ITZY, Mamamoo, BTS de feat. do Coldplay e mais

Enfim terminei um trabalho da faculdade que estava me tomando muito tempo nas últimas semanas. Vamos comemorar comentando os trecos de alto e baixo escalão que saíram recentemente…

Continuar lendo “Raspa no tacho (26/09): ITZY, Mamamoo, BTS de feat. do Coldplay e mais”

Raspa no tacho (12/09): HyunA e Dawn, Loona, Stayc, Stray Kids e mais

Nos últimos dias, rolaram muitos lançamentos relevantes e que renderiam posts separados, que provavelmente angariariam vários views aqui pro blog e coisas do tipo. Mas cadê tempo?

Continuar lendo “Raspa no tacho (12/09): HyunA e Dawn, Loona, Stayc, Stray Kids e mais”

Lisa chuta a carcaça da Rosé em “LALISA”, solo que choca por não ser uma merda completa (algo raro quando falamos de BLACKPINK)

Lançamentos relacionados ao BLACKPINK são aqueles eventos que todos se prestam a comentar: pessoas chatas da fanbase das quatro rainhas do porão, pessoas de dentro do mundinho capopeiro 101, pessoas que não se importam muito com o K-Pop, mas sabem que o BLACKPINK tem força o suficiente para atrair cliques e render um burburinho de capopeiros que precisam dessa validação “de fora do meio”, veículos grandes, veículos pequenos, você, sua tia Marlene chata pra caralho, o Manoel da padaria que compra muambas pra netinha que gosta “desse povo do olho puxado”, o Charles do carro do peixe que coloca “Kill This Love” como tema para quando ele está passando e por aí vai.

Então, hora de dedicar alguns parágrafos para o debut solo da Lisa, que quer que todos digam o nome dela tal como dizíamos “heeeey, Ms Carter” pra Beyoncé em uma distante época em que o brasileiro médio podia ir a um show (ou assistir ao Rock in Rio pela TV, meu caso). Já devem ter ouvido, mas ouçam de novo LALISA

Continuar lendo “Lisa chuta a carcaça da Rosé em “LALISA”, solo que choca por não ser uma merda completa (algo raro quando falamos de BLACKPINK)”

PLAYLIST (Julho + Agosto’21) 🍜

Oi. Vamos lá…
Continuar lendo “PLAYLIST (Julho + Agosto’21) 🍜”

Queendom: Red Velvet está de volta com sua própria “4 Walls”

Depois do pico de sucesso atingido com Psycho e do acidente da Wendy, Red Velvet ficou um tempão fora de área. Ao menos como um grupo completo, porque do final do ano retrasado para cá, rolaram atividades variadas entre elas, com uma unit sapatônica entre Seulgi e Irene, debut solo com a já mencionada Wendy mostrando ser a possível Taeyeon do grupo, Joy sendo uma hipster avulsa rememorando sucessos de antigamente e Yeri com um programa de entrevistas que eu nunca assisti, mas me falaram que não é tão tenebroso.

Aí descobriram que a Irene espancava um estilista toda sexta-feira no estacionamento da SM, o aespa aleatoriamente hitou com a tenebrosa Next Level e as esperanças de um comeback das novas irmãs do meio (pois o SNSD está vivo, hahaha) eram tão fortes quanto o de um debut solo da Sunny. Eu mesmo jurava que o Red Velvet teria o mesmo destino do F(x), com a gravadora aos poucos fingindo que o grupo não existia mais até ele morrer de vez. Mas eu estava errado. Ou não. Digo, Queendom é, basicamente, um “4 Walls”, então será que é só questão de tempo?

Continuar lendo “Queendom: Red Velvet está de volta com sua própria “4 Walls””