TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2021 [25-11]

Penúltimo dia do ano, penúltima parte desse ranking. O que quer dizer que, hoje, rola aquele clichê de listas de melhores do ano da blogosfera fundo de quintal, onde são várias e várias as gemas intocáveis, lacradoras, fadas de cristal, donas de nossos furicos, destruidoras de nações inteiras e salvadoras do pop, mas que, por pura subjetividade desse belo rapaz que vos escreve, acabaram ficando fora das 10 mais de 2021 de acordo com esse blágh.

Uma porção de fan favorites rodam abaixo. Será que a sua SOTY aparece aqui? É clicar e conferir…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2021 [25-11]”

Sunmi vira Mulher-Gato em “Tail”, revisita sua sonoridade na JYP Entertainment e entrega seu melhor single em anos

Manter um blog sem qualquer pretensão profissional na vida adulta, tendo que dividir o tempo entre trabalhos, estudos e Fall Guys (não necessariamente nessa ordem de importância), é bem mais difícil do que na adolescência, onde há menos o que fazer e se preocupar num geral. Nisso, uma porção de trecos muito bons que saíram ao longo do ano e certamente rankearão super alto no eventual topzão mês que vem acabaram ficando sem postagens próprias para ilustrar o quanto gostei deles.

Isso posto, desde que comecei o Miojo, tenho por hábito separar um tempinho ao fim de cada ano para retomar pautas relevantes que acabaram ficando perdidas por motivos desinteressantes. Começou, por exemplo, com a SOTY de 2019. Costuma ser no começo de dezembro, mas resolvi adiantar isso em um mês para dar tempo de ir fazendo sem pressa.

Introduções introduzidas, vamos rasgar uma seda para o melhor single da Sunmi em anos: Tail

Continuar lendo “Sunmi vira Mulher-Gato em “Tail”, revisita sua sonoridade na JYP Entertainment e entrega seu melhor single em anos”

Em “Go or Stop?”, Sunmi mira nos gamers com dedos de cheetos, mas acerta nos capopeiros das antigas

Enquanto decepciona metade de seu fandom como jurada no Girls Planet 999, Sunmi fechou uma parceria com um time aí de LoLzinho para soltar uma faixa oficial deles ou algo assim. Quando vi a notícia, imaginei que viria algo sonoramente mais na linha do que o K/DA lança de try-hard atual com o que a molecada parece gostar de ouvir. Ou mesmo que, talvez focando num público mais nerdola internacional, sairia um rockzão ou hip hop chill, mas Go or Stop? está bem mais pro que rolava no K-Pop do começo da década passada do que pra um release atual…

Continuar lendo “Em “Go or Stop?”, Sunmi mira nos gamers com dedos de cheetos, mas acerta nos capopeiros das antigas”

Sunmi – Full Moon | Casa da Árvore dos Horrores #01

Leitores, eu não sou dessas pessoas que paga pau para comportamentos gringos. Principalmente vindos dos Estados Unidos. Rolo os olhos quando chega o Super Bowl e parte da minha timeline no Twitter (a ala “nerdola”) tenta me fazer acreditar que acompanha esse esporte chatíssimo; acho o conceito do dia de ação de graças uma baboseira; consigo ler legendas como um adulto; e tenho o hábito de me vacinar.

Mas há um costume estadunidense que eu genuinamente invejo e adoraria que pegasse por aqui: o dia das bruxas! Adoro toda a loucura de se fantasiar no dia 31 de outubro para comemorar e pegar doces por aí, adoro o modo como toda a mídia de lá compra isso e o fato de ocorrer toda uma produção cultural em cima disso, com episódios temáticos em programas de TV, filmes específicos e por aí vai.

E parece que a galera na Ásia também curte o dia, porque são vários os artistas do K-Pop e J-Pop que, frequentemente, utilizam a data direta ou indiretamente como tema em seus releases. Com isso em mente, decidi separar o mês de outubro para iniciar um novo quadro (que provavelmente morrerá nesse mês mesmo), o “Casa da Árvore dos Horrores” (quem aí pegou a referência?).

Nesse novo quadro, eu misturarei dois dois meus lados em evidência na internet: o de fã de pop asiático com o de fã de cinema. Ele funcionará assim: a cada post, eu trarei uma música do asian pop com temática de terror, junto dela, farei uma indicação de filme que tenha minimamente a ver com o conceito escolhido para tal release.

E a faixa que abre essa série é Full Moon, da Sunmi com uma mina que a JYP hoje parece fazer questão de esquecer que existiu…

Continuar lendo “Sunmi – Full Moon | Casa da Árvore dos Horrores #01”