Lisa chuta a carcaça da Rosé em “LALISA”, solo que choca por não ser uma merda completa (algo raro quando falamos de BLACKPINK)

Lançamentos relacionados ao BLACKPINK são aqueles eventos que todos se prestam a comentar: pessoas chatas da fanbase das quatro rainhas do porão, pessoas de dentro do mundinho capopeiro 101, pessoas que não se importam muito com o K-Pop, mas sabem que o BLACKPINK tem força o suficiente para atrair cliques e render um burburinho de capopeiros que precisam dessa validação “de fora do meio”, veículos grandes, veículos pequenos, você, sua tia Marlene chata pra caralho, o Manoel da padaria que compra muambas pra netinha que gosta “desse povo do olho puxado”, o Charles do carro do peixe que coloca “Kill This Love” como tema para quando ele está passando e por aí vai.

Então, hora de dedicar alguns parágrafos para o debut solo da Lisa, que quer que todos digam o nome dela tal como dizíamos “heeeey, Ms Carter” pra Beyoncé em uma distante época em que o brasileiro médio podia ir a um show (ou assistir ao Rock in Rio pela TV, meu caso). Já devem ter ouvido, mas ouçam de novo LALISA

Continuar lendo “Lisa chuta a carcaça da Rosé em “LALISA”, solo que choca por não ser uma merda completa (algo raro quando falamos de BLACKPINK)”

Raspa no tacho (21/03): Rosé (do BLACKPINK), Jessi, Super Junior, iKON, Purple Kiss e mais

Dar a limpa nas pautas quentes aqui pra seguir em frente com trecos mais legais de escrever.

Continuar lendo “Raspa no tacho (21/03): Rosé (do BLACKPINK), Jessi, Super Junior, iKON, Purple Kiss e mais”

TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2020 [70-56]

Mais uma parte desse interminável listão. Dessa vez, cobrindo as faixas entre a septuagésima e a quinquagésima sexta posição. 5 representantes do J-Pop e 10 do K-Pop, incluindo a melhor música ruim de 2020 e… um single do BLACKPINK.

Oh wow…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2020 [70-56]”

As músicas mais pau mole de 2020 no K-Pop/J-Pop

Fim de ano em blogzinhos da blogosfera fundo de quintal é época de intermináveis listas compilando os mais sei o que lá de tal período de 12 meses. Vários colegas já começaram seus listões com o que de melhor rolou, eu mesmo pretendo começar o meu logo depois do natal, mas como um “esquenta”, quis trazer antes uma coletânea com o que de pior eu ouvi dentro do asian pop ao longo de 2020. Dessa vez, copiando na cara dura o icônico título que o Dougie deu pra esse mesmo post dele em 2019 (leiam aqui).

Se lista de “melhores trecos” já são bastante subjetivas, as de “piores troços” então são de arrancar cabelos alheios, o que torna tudo ainda mais divertido. Abaixo, entraram as faixas de K-Pop e J-Pop que ouvi e minhas opiniões variaram entre “huh, esse act lançando isso aqui?” ou “nossa, que vontade de arrancar meus tímpanos.” O que quer dizer que algumas delas nem são ruins ruins, só, ahn, fracas por x motivos ao serem executadas por y artistas, sendo um pecado por existirem da forma que existiram. As outras são só um cocô sonoro mesmo. Aah, e atenção pro “que ouvi” em vermelho ali atrás, pois não faz o menor sentido querer falar mal de bagulhos feitos por gente que sequer me importo com a existência (basicamente, 80% da corja de boygroups da atualidade).

Pormenores introdutórios introduzidos, vamos falar mal do BTS pra já atrair a atenção da garotada e bombar de views

Continuar lendo “As músicas mais pau mole de 2020 no K-Pop/J-Pop”