Com “Supper Yuppers!”, WJSN CHOCOME entrega a SOTY da primeira semana de de 2022

O WJSN, ou Cosmic Girls para os íntimos, começou a executar tarde demais parte de uma ideia que o grupo tinha mostrado ter lá em 2015. Pra quem não lembra, parte do gimmick de ter um line-up gigantesco onde cada uma das integrantes representava uma casa zodiacal era que elas, em algum momento, se dividissem em units relativas aos “elementos” a qual pertenciam.

Mas as peças do K-Pop se mexeram de modo que a Starship não tocou isso o quanto antes, com a fatia chinesa ali “emprestada” pela Yuhua Entertainment retornando para casa e enchendo o rabo de dinheiro por conta da franquia Produce de lá. Nessa, as garotas cósmicas ficaram num vai não vai constante dentro do terceiro escalão por anos, com o lance todo de units só sendo resgatado recentemente, já que os sete anos de vida útil estão se encerrando e uma nova geração de girlgroups começava com o inevitável fim do IZ*ONE.

Começou com as tosconas aegyo do humor no WJSN CHOCOME em 2020 e teve segmento com as grandes gostosas de terninho WJSN THE BLACK no ano passado. Tinha achado que as coisas parariam por aí (já que não rolou sucesso algum), mas a gravadora parece disposta a continuar investindo, o que gerou um comeback bem inesperado para o lado wacky da força. Vocês com certeza já fizeram isso, mas confiram Super Yuppers!, que já é a melhor música de 2022…

Continuar lendo “Com “Supper Yuppers!”, WJSN CHOCOME entrega a SOTY da primeira semana de de 2022″

Somi serve disney girl realness na divertidinha “Anymore”

Por algum motivo que me foge à concepção, a YG/Black Label resolveu seguir com as promoções do primeiro álbum da Somi meses depois dele ser lançado, soltando um MV para Anymore dois dias antes do natal. Mas que bom para nós, porque o resultado ficou realmente bacana…

Continuar lendo “Somi serve disney girl realness na divertidinha “Anymore””

Em “Dreams Come True”, aespa resgata sucesso do S.E.S. que envelheceu mal

Seguindo naquilo de comentar trecos bem legais que saíram quando 2021 já estava apagando a luz, vamos a uma opinião bem polêmica: a versão de aespa para Dreams Come True é melhor que a original…

*BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM*

Continuar lendo “Em “Dreams Come True”, aespa resgata sucesso do S.E.S. que envelheceu mal”

The Weekend: o cara só liga para a BIBI nos finais de semana, mas pra ela é melhor do que nada

Ali na rabeira do ano, quando eu já havia fechado o meu top 100 e começado a escrever a lista, saíram algumas músicas bem legais que eu curti bastante ouvir durante as festividades. Como elas são muito bacanas e acho que vocês deveriam escutar, preparei posts com comentários para os próximos dias, começando agora por The Weekend, da BIBI

Continuar lendo “The Weekend: o cara só liga para a BIBI nos finais de semana, mas pra ela é melhor do que nada”

WA DA DA: Kep1er debuta entregando o primeiro farofão crocante de 2022

A final do Produce 999 foi um dos eventos mais engraçados de acompanhar da esfera capopeira atual. Basicamente, assisti aos fãs da terceira geração se chocando pelo fato de os fãs da quarta geração serem ainda mais malucos que eles e, junto dos pauzinhos da MNET (que já é conhecida por esse tipo de mutreta, mas ninguém se importa de verdade, já que continuam consumindo os survival shows da emissora), elegerem como vencedoras um line-up totalmente desigual da proposta do programa. E incluírem a tal da Bahi em uma das posições mais altas, única e exclusivamente por ela ser irmã de um moleque do TXT.

As reações foram as mais hilárias possíveis, com os 18~22 da terceira geração abismados com o quanto essa indústria é injusta e que ser rico e ter parente famoso fala bem mais alto que talento, enquanto os 12~17 da quarta geração, mais “woke”, alçaram a tal da Bahi como um totem contra o bullying e a favor da saúde mental na internet, afinal, reclamar (em português no Twitter) dela ser tão cotada é o mesmo que incitar ao suicídio ou algo assim. Pra mim, que sou um velho da segunda geração, foi entretenimento puro!

Passado isso, enfim o Kep1er, que evidentemente será um grande sucesso, já que MNET e “Produce”, debutou com WA DA DA. Os números altos já vieram, mas será que a música realmente vale o burburinho todo?

Continuar lendo “WA DA DA: Kep1er debuta entregando o primeiro farofão crocante de 2022”