PLAYLIST: julho e agosto de 2022

Esses últimos dois meses foram bem agitados por aqui. Minha faculdade entrou num vórtice maluco onde os professores, talvez por esse ser o primeiro período presencial desde todo o ocorrido com a COVID-19, tacaram uma porrada de avaliações ao mesmo. Em paralelo, me mudei! Saí do município afastado em que eu morava e levava mais de duas horas diariamente para chegar à faculdade para viver numa (não riam) “república para rapazes” que fica pertinho da faculdade.

Divido a casa com dois marombas hilários que aleatoriamente começaram a se comportar como se fossem meus irmãos mais velhos (um deles literalmente me deu esporro anteontem porque eu estava acordado até tarde e tinha aula cedo no outro dia, fiquei abismado), um moleque que morava no mato e é bem baruhento quando está acompanhado (entendam como quiserem), um gringo que quase nunca aparece (um dos marombas acha que ele é um fantasma) e um outro bem mais velho que é chatão, mas todo mundo acha ele chatão então tanto faz.

Tá legal, embora, enquanto eu escrevo esse post, tenha acabado a água e já esteja mais de 30º no Rio de Janeiro. Vai ser um longo e odoroso dia.

Enfim, asian pop, né? Hehe. Por esse tanto de coisa que rolou em off, calhou de eu não ter conseguido atualizar devidamente esse blog ao longo das últimas semanas. E calhou também de, justamente, nesse meio tempo, praticamente todos os acts principais da atualidade terem feito comeback (ou debutado, caso do NewJeans). Devo ter deixado de ganhar milhares de views, risos.

Mas antes tarde do que mais tarde, é hora de atualizar a playlist aqui do blog e, enfim, dar meus pitacos sobre o que de melhor rolou . O que não entrou foi por eu não ter curtido. Blinks e sones, não me xinguem nos comentários. Ah, como já tem bastante tempo, vale ressaltar que a ordem da playlist é mais de acordo com o “mood” das músicas juntas e não da minha preferência – embora a primeira nela, de fato, seja a que mais curti e a que tem chances reais de pegar uma vaga no pódio desse ano…

Continuar lendo “PLAYLIST: julho e agosto de 2022”

PLAYLIST: junho de 2022

O mês de junho acabou sendo bem mais movimentado do que eu imaginava com o retorno das aulas presenciais na minha faculdade e mais uma porção de coisas que rolaram pra mim em OFF. Nessa, perdi o hype para comentar alguns lançamentos bem quentes.

Dessa vez, em vez de fazer um pacotão, vou só partir logo para a playlist comentada, que traz o que de mais legal rolou nesses últimos tempos e sigamos para julho.

Continuar lendo “PLAYLIST: junho de 2022”

PLAYLIST: maio de 2022

Maio foi um mês fraquíssimo para o pop asiático. Poucos comebacks realmente valeram o esforço no K-Pop, enquanto o J-Pop pareceu viver uma entressafra de artistas. Talvez se eu tivesse escutado o álbum best of da BoA as coisas tivessem sido diferentes…

Continuar lendo “PLAYLIST: maio de 2022”

PLAYLIST: abril de 2022

Abril foi um mês bastante movimentado, mas bastante feliz. E no mundinho da música pop asiática, saiu provavelmente a minha candidata à SOTY vinda, aleatoriamente, de uma ex-IZ*ONA. Vamos às faixas escolhidas pra atualização da playlist e aos comentários breves…

Continuar lendo “PLAYLIST: abril de 2022”

PLAYLIST: março de 2022

E foi-se o mês de março. Pra mim, foi extremamente ocupado, mas altamente produtivo. Não sou de acreditar em horóscopo (costumo falar de signos ironicamente, aí as pessoas acham que é verdade), mas um podcast que eu acompanho, no iniciozinho de janeiro, tinha feito um mapão para o que poderia acontecer durante o ano à cada casa zodiacal, e pros de áries (oie), falavam que era um momento para investir em trabalho, se esforçar e essas bostas, que “as estrelas estavam boas pra evoluções”. E não é que tem rolado?

O site de animês que tenho com colegas (o JBox) tá crescendo, tenho feito freelas bacanas pro “braço nerd” do Uol, o Tangerina, ganhei uma bolsa de extensão na faculdade que, basicamente, vai me pagar para fazer um documentário, e ainda tem mais coisa no horizonte. Nesse meio tempo, tinha deixado o Miojo (agora com um novo visual) de férias, mas essa bodega aqui é um escape bobão que tenho onde posso escrever o que bem entender como distração do resto da vida adulta, então já é hora de voltar do recesso!

Durante o mês de março, saiu MUITA coisa, tanto no K-Pop, quanto no J-Pop. Ao todo, foram adicionadas TRINTA E CINCO faixas na playlist. Não vou tecer comentários individuais dessa vez, mas dividi ela em ~estilos~ e vou apontar uns highlights de cada um deles… 

Continuar lendo “PLAYLIST: março de 2022”