The Feels: single em inglês do Twice é… huh… um single em inglês

Eu que sou um velho de guerra nisso de acompanhar o K-Pop (desde 2010 nesse bueiro) pude acompanhar uma porção de “fases” que o nicho passou ao longo da última década.

É interessante, por exemplo, comparar o que era uma tentativa de acontecer “globalmente” com um single e promoções em inglês entre o final dos anos 2000 e o início dos 10s, onde acts da big3 como BoA, Wonder Girls, Girls’ Generation e 2NE1 se arriscavam fora da Ásia e eram vistos como algo curioso, exótico e MUITO nichado pelo público, com o que é o K-Pop atualmente.

O K-Pop atualmente conseguiu romper algumas barreiras idiomáticas por conta da expansão da internet e fazer com que seus acts conquistassem sucesso, justamente, por serem artistas coreanos fazendo música em coreano. Hoje, é “algo” gostar de música coreana. Ainda é um nicho, claro, mas um nicho bem maior do que, só pra ficar num outro exemplo do qual faço parte, o de otaquinhos que gostam de trecos japoneses.

Mas ainda há o mito de “acontecer nos EUA”, tentar atingir um público ianque maior e pipipi popopo. Para isso, é preciso estar nas rádios de lá. E é bem mais difícil tocar em rádios estadunidenses de grande alcance se as músicas não forem no idioma deles.

O maior nome masculino do K-Pop atual, BTS, conseguiu seus maiores sucessos nos EUA, justamente, se adequando à língua local. E como o velho do J. Y. Park não é burro, é claro que ele faria o maior nome feminino do K-Pop atual, Twice, tentar uma fatia dessa nova onda hallyu nos EUA. Só é uma pena que isso tenha sido com uma música tão estéril quando The Feels

Continuar lendo “The Feels: single em inglês do Twice é… huh… um single em inglês”

Meus 10 videoclipes favoritos (versão pop ocidental)!

Recentemente, seguindo uma ideia do Pop Asiático.jpg, eu soltei uma lista com os meus 10 videoclipes prediletos dentro da esfera do asian pop, que cobre K-Pop, J-Pop, MandoPop e etc. O lance é que eu achei que também seria legal ampliar isso, indo para MVs de artistas desse lado do globo e, bom, aqui estamos com esse off topic.

A seleção foi feita do mesmo jeito: como o YouTube é o meu principal player de música online, pensei aqui em quais vídeos, quando aparecem no aleatório, costumam me fazer parar o que estou fazendo em primeiro plano e ir assistir até o fim. Aí reduzi pros que eu acho mais melhores de bom e, pum, temos a lista, que mistura pop, country, heavy metal, hip hop e maluquice brasileira. É, eu sou flexível. Em ordem crescente, aqui vai ela…

Continuar lendo “Meus 10 videoclipes favoritos (versão pop ocidental)!”

Uma pausa no capope para comentar umas apresentações do VMA 2020

Eu sei, eu sei. Tem Lovelyz, A.C.E, CLC, Sori e mais um monte de lançamento importante no K-Pop pra fazer post, mas antes disso, quero dar uma pausa na temática principal do blogzinho para dar meus pitacos a respeito do VMA desse ano.

Continuar lendo “Uma pausa no capope para comentar umas apresentações do VMA 2020”