7 bops de outras vezes que um bando de mulheres se uniu no pop

E aí que a Lee Hyori, a Uhm Jung Hwa, a Hwasa e a Jessi resolveram se juntar para formar uma nova unit, as Refund Sisters. A história está melhor contada lá no Dougie, mas parece que tudo surgiu durante um segmento do “How Do You Play”, com a Hyori, ao ser questionada sobre como seria seu girlgroup perfeito, citando as três. O público gerou burburinho e a ideia foi tocada pra frente, com o quarteto sendo produzido pelo Yoo Jae Suk (também do SSAK3) e, eventualmente, ganhando um debut após a confirmação oficial semana passada.

Não sei se acredito de verdade nessa história não. Provavelmente, já havia essa intenção nos bastidores quando a Lee Hyori nomeou as três, mas quem sou eu para estragar a magia?

De qualquer forma, é sempre muito legal ver várias cantoras se juntando para trabalharem juntas em músicas. Enquanto é bem comum que vocalistas masculinos e rappers chamem “os parça” para features cheios de convidados, colaborações com mais que duas minas dentro da indústria pop são… raras. Inclusive entre artistas que vendem o feminismo como parte de sua persona.

Dito isso, e como um esquenta para a estreia do Refund Sisters, resolvi relembrar aqui 7 bops lançados quando um bando de mulheres se uniu no pop (asiático e ocidental). Give Me All Your Luvin’, da Madonna, ficou de fora, pois a Nicki e a M.I.A. quase não têm linhas nela. E Don’t Call Me Angel foi ignorada, pois fico meio constrangido com a participação da Lana Del Rey nesse videoclipe.

Continuar lendo “7 bops de outras vezes que um bando de mulheres se uniu no pop”

Hey Mama & Hey Mama: o gracejo elegantão da subunit do EXO e o pancadão mutreteiro do David Guetta

Terceiro episódio desse bloco ainda sem nome aqui do blog onde pego duas músicas, uma oriental, outra ocidental, que tenham o mesmo nome, comento e, ao fim, decido qual a melhor. Dessa vez, temos Hey MamaHey Mama, da unit de famosinhos do EXO e do David Guetta com um povo aí. Vamos lá…

Continuar lendo “Hey Mama & Hey Mama: o gracejo elegantão da subunit do EXO e o pancadão mutreteiro do David Guetta”