Queendom: comentários sobre Viviz cantando WJSN, Kep1er cantando Brave Girls e Hyolyn cantando Loona

Saiu hoje o quarto episódio da segunda temporada do Queendom, que traz a segunda parte da segunda rodada do programa, onde as participantes refazem aos seus modos músicas das concorrentes.

Os comentários da primeira parte estão aqui. Agora, vamos aos da segunda…

Continuar lendo “Queendom: comentários sobre Viviz cantando WJSN, Kep1er cantando Brave Girls e Hyolyn cantando Loona”

Queendom: comentários sobre WJSN cantando GFRIEND, Loona cantando Sistar e Brave Girls cantando Kep1er

Foi ao ar hoje o terceiro episódio da segunda temporada do Queendom. Nele, começa aquela etapa onde elas cantam as músicas umas das outras, reimaginando os instrumentais e vocais para que façam sentido dentro de seus próprios estilos.

Nessa primeira parte da rodada, rolaram apresentações do WJSN cantando GFRIEND, do Loona cantando Sistar e do Brave Girls cantando Kep1er. E como eu assisti ao vivo e já tá tudo no YouTube, fiquem com meus comentários.

Continuar lendo “Queendom: comentários sobre WJSN cantando GFRIEND, Loona cantando Sistar e Brave Girls cantando Kep1er”

PLAYLIST: janeiro e fevereiro de 2022

O ano está indo no K-Pop, J-Pop e adjacências. Eu, no entanto, permaneço de “férias” do blog por enquanto, acompanhando mais ou menos de longe os lançamentos. Já saiu bastante coisa boa que não comentei por aqui. Então, vamos aproveitar o feriadão de carnaval, o fato de hoje ser o último dia do mês e eu ter tirado disposição sei lá de onde nesse calor pra mexer na aparência do blog para soltar a primeira playlist de 2022, contendo trecos lançados em fevereiro, janeiro e umas raspas do tacho que rolaram bem no finalzinho de 2021.

O que entrou é o que eu tenho ouvido e gostado. O que não entrou é porque ou não ouvi ou ouvi e não gostei (tipo STAYC e Apink). Já sigam lá no Spotify e vamos aos pitacos faixa a faixa…

Continuar lendo “PLAYLIST: janeiro e fevereiro de 2022”

WA DA DA: Kep1er debuta entregando o primeiro farofão crocante de 2022

A final do Produce 999 foi um dos eventos mais engraçados de acompanhar da esfera capopeira atual. Basicamente, assisti aos fãs da terceira geração se chocando pelo fato de os fãs da quarta geração serem ainda mais malucos que eles e, junto dos pauzinhos da MNET (que já é conhecida por esse tipo de mutreta, mas ninguém se importa de verdade, já que continuam consumindo os survival shows da emissora), elegerem como vencedoras um line-up totalmente desigual da proposta do programa. E incluírem a tal da Bahi em uma das posições mais altas, única e exclusivamente por ela ser irmã de um moleque do TXT.

As reações foram as mais hilárias possíveis, com os 18~22 da terceira geração abismados com o quanto essa indústria é injusta e que ser rico e ter parente famoso fala bem mais alto que talento, enquanto os 12~17 da quarta geração, mais “woke”, alçaram a tal da Bahi como um totem contra o bullying e a favor da saúde mental na internet, afinal, reclamar (em português no Twitter) dela ser tão cotada é o mesmo que incitar ao suicídio ou algo assim. Pra mim, que sou um velho da segunda geração, foi entretenimento puro!

Passado isso, enfim o Kep1er, que evidentemente será um grande sucesso, já que MNET e “Produce”, debutou com WA DA DA. Os números altos já vieram, mas será que a música realmente vale o burburinho todo?

Continuar lendo “WA DA DA: Kep1er debuta entregando o primeiro farofão crocante de 2022”