TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2020 [55-41]

Quarta parte da lista. Enfim, chegaremos na metade desse top 100. Tenho quase certeza que ao menos duas faixas aqui pegarão vocês de surpresa, pois devem figurar no top 10 de muita gente esse ano. Quais serão?

Bom, tenho quase certeza que não será essa abaixo, que só eu mesmo (e a Doja Cat) devo ter dado duas fodas nos últimos meses…

Continuar lendo “TOP 100 | As melhores músicas do asian pop em 2020 [55-41]”

“Red Moon”, do KARD, foi minha música mais ouvida do ano no Spotify… o que não quer dizer muita coisa :V

Dias atrás, aproveitando o hype do Spotify Wrapped, o colega de fundo de quintal Aquário Hipster soltou um post em formato de tag listando quais foram as músicas mais ouvidas por ele em 2020. Eu até daria minha contribuição, mas a real é que uso tão pouco a plataforma verde que os números compilados lá não fazem tanto sentido no que eu escutei de verdade nos últimos meses (ano que vem eu talvez eu assine o premium novamente, aí passo a adotar como player principal).

Por exemplo, segundo as estatísticas, a música que mais escutei por lá em 2020 foi… Red Moon, do KARD!! Ahein?!

Continuar lendo ““Red Moon”, do KARD, foi minha música mais ouvida do ano no Spotify… o que não quer dizer muita coisa :V”

PLAYLIST | Asian Pop 2020: Update de agosto

Outro mês passado, mais outra atualização na playlist aqui do blog, que já conta com uma porção de bops por quase 10 horas seguidas. Será que sua favorita baterá ponto? Não se for o BLACKPINK…

Continuar lendo “PLAYLIST | Asian Pop 2020: Update de agosto”

Raspa no Tacho (28/08): KARD, Sunmi, Oh My Girl e outros capopes recentes

Na verdade, algumas dessas músicas aí bem que mereciam post solo quando saíram, mas eu estava ocupado demais com uma coleção de livros do Sherlock Holmes recém adquirida…

Continuar lendo “Raspa no Tacho (28/08): KARD, Sunmi, Oh My Girl e outros capopes recentes”

Good Girl: comentando as apresentações da primeira rodada

Já está rolando o Good Girl, novo reality show da MNET onde rappers e cantoras “urban” (ooh, esse termo guarda-chuva genérico) se apresentam juntas e ganham uns trocados, mas que não é um survival show com elas competindo entre si, embora a primeira rodada traga justamente uma competição de performances solos em que a mais aclamada fatura um troco e a menos aclamada é arrastada pra lama, ou algo do tipo. Confesso que não entendi bem a pegada do programa, pois ainda não comecei a assistir (vou deixar acumular mais uns episódios antes de pegar pra ver), mas pelo que entendi dos resumos do Dougie e do Guilherme, é mais ou menos isso. Ou não. Sei lá. Um dia descubro.

O elenco é bem bom: tem a Cheetah, que é figurinha carimbada em vários produtos da casa (Unpretty Rapstar, Produce 101, Queendom), a Hyoyeon (impressionante a SM ter topado isso, já que a gravadora não costuma deixar seus contratados participarem dessas pataquadas como competidores, pois aparentam preferir manter uma imagem intacta), a Jimin Park (vai demorar para eu me acostumar com o stage name Jamie, desculpem aí), a Ailee, a mina do KARD que não é a que era do April, uma das gostosonas do CLC, além de nomes de menor relevância por aqui, mas que parecem render muito em tela.

Como eu disse, não cheguei a assistir os dois episódios que já saíram. No entanto, as apresentações da primeira rodada, onde elas cantam para uma platéia de ex-participantes de outros programas da MNET e se autoavaliam para saber quem é a grande gostosa mais grande gostosa já de cara, valendo uns trocados, já estão disponíveis no YouTube. Abaixo, comento todas elas, elencando da pior à melhor.

Continuar lendo “Good Girl: comentando as apresentações da primeira rodada”